Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

Tráfego pago e tráfego orgânico: como atrair mais clientes para o seu site?

 Tráfego pago e tráfego orgânico: como atrair mais clientes para o seu site?

Tempo de leitura: 7 minutos

Você sabe quais são as diferenças entre tráfego pago e tráfego orgânico? Ambos são formas de direcionar visitantes para o seu site ou página de vendas para que eles comprem, mas cada modalidade aposta em estratégias diferentes e funcionam de maneiras distintas.

De qualquer forma, o direcionamento tem o objetivo de atrair clientes para o seu site, aumentar o engajamento da sua marca, a sua visibilidade online e a sua receita.

No post de hoje, você vai ver as principais diferenças entre tráfego pago e tráfego orgânico, além de conhecer algumas formas de otimizar suas estratégias nesse sentido. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. O tráfego pago envolve investir uma quantia em dinheiro para levar o público para o seu site. Assim, você cria anúncios pagos no Google ou nas redes sociais e, assim que o cliente clica, ele é direcionado para a sua página. Já o tráfego orgânico envolve estratégias não pagas que levam os consumidores para o seu site. Então, se o seu cliente digita um termo de busca no Google e a sua página aparece na primeira posição, o usuário clica no link e cai diretamente no seu site. Isso sem que você tenha que ter investido dinheiro especificamente para ser encontrado na ferramenta de busca.
  2. Algumas estratégias para melhorar o tráfego pago do seu negócio são: investir em anúncios, refinar o seu público-alvo e contratar um especialista no assunto. As campanhas pagas direcionam os clientes para o seu site e podem trazer mais resultados quando você sabe melhor qual tipo de consumidor quer atrair. Além disso, há vários profissionais preparados no mercado que podem contribuir para otimizar o seu tráfego pago.
  3. Já para otimizar o tráfego orgânico do seu negócio, vale: apostar em produção de conteúdo, SEO e posts nas redes sociais. Essas são formas praticamente sem custos para direcionar o público para o seu site. Então, produza conteúdos e divulgue em diferentes canais de contato gratuitos (como e-mail e redes sociais). No Instagram, faça stories pedindo para o público entrar no “link da bio” ou “arrastar para cima”

O que é tráfego pago?

O tráfego pago, como o nome indica, é aquele que precisa de um investimento em dinheiro para direcionar o público ao seu site. 

Nesse caso, você cria campanhas de anúncios no Google e nas redes sociais. Assim, quando o cliente clica no seu anúncio, ele é direcionado para o seu site.

Um dos benefícios dessa modalidade é que, se o seu negócio tiver bons resultados nas campanhas de anúncio, é possível atrair muitos clientes de uma única vez, sem desperdiçar recursos financeiros.

Principalmente se você selecionar muito bem o seu público-alvo, essas chances são ainda maiores.

Além disso, para começar a anunciar, o investimento não precisa ser alto, o que permite que os pequenos negócios apostem nessa iniciativa. 

O que é tráfego orgânico?

Se no caso do tráfego pago é preciso investir dinheiro para ganhar visibilidade, o tráfego orgânico é uma ótima forma de atrair clientes para o seu site por meios não pagos. 

Por exemplo, se o seu cliente digita um termo de busca no Google, a sua loja online aparece na primeira página da ferramenta e o consumidor clica no link, essa é uma forma gratuita (orgânica) de levar o usuário para o seu site.

Assim, para garantir o tráfego orgânico, você deve apostar em estratégias de marketing de conteúdo para fortalecer a sua presença digital e a autoridade da sua marca. 

A grande vantagem dessa modalidade é o baixo investimento, em comparação com o tráfego pago. Além disso, se você tiver uma estratégia eficiente no orgânico, mesmo com poucos recursos, consegue conquistar bons resultados. 

Como melhorar o tráfego pago?

Separamos 3 dicas eficientes para você melhorar o tráfego pago para o seu site. Veja agora!

  1. Anúncios

Investir em anúncios no Google e nas redes sociais é uma das melhores formas de otimizar o seu tráfego pago. 

O objetivo é que as suas campanhas online se destaquem e chamem a atenção do cliente no meio de outros tantos anúncios que ele vê todos os dias. 

Para isso, você deve caprichar na escrita e na arte dos anúncios. Os textos precisam ser objetivos e despertar a curiosidade do público, já que o objetivo é fazer com que as pessoas cliquem no anúncio. 

As imagens utilizadas precisam fazer sentido em relação à mensagem que você quer passar com os anúncios e também devem ter um componente que motive os clientes a clicarem.

  1. Público-alvo

Para que as suas campanhas de anúncio tragam bons resultados (ou seja, atraiam mais clientes, investindo menos recursos), é preciso conhecer muito bem o seu público-alvo. Isso significa saber as necessidades, expectativas, desejos, dores e hábitos desse dele.

Assim, na hora de colocar os anúncios para rodar, você consegue especificar melhor o tipo de consumidor que quer atrair com as campanhas. 

Uma ideia é fazer pesquisas com os seus clientes, ficar de olho nos comentários nas suas redes sociais e conferir as perguntas que o público faz nas redes de outras empresas do seu setor.

  1. Especialista

Hoje, há diversos especialistas em tráfego pago no mercado. Se você achar que vale a pena trazer um profissional para a sua empresa, essa é uma possibilidade. 

O especialista tem um entendimento mais profundo sobre as melhores estratégias para levar o público certo para o seu site, economizando custos com anúncios e aumentando suas chances de vendas. 

Agora que você já sabe como melhorar o seu tráfego pago, vamos ver como atuar no orgânico? Confira a seguir! 

Como melhorar o tráfego orgânico?

Veja 3 frentes em que você precisa prestar atenção para garantir melhores resultados no tráfego orgânico!

  1. Produção de conteúdo

Uma das melhores formas de impulsionar o tráfego orgânico do seu negócio é produzir conteúdo relevante e que faça sentido para o seu público.

Posts de blog, ebooks, cursos gratuitos, infográficos e vídeos no Youtube são apenas alguns exemplos de conteúdo para você criar.

No caso do tráfego orgânico, você deve divulgar os conteúdos em canais como e-mail marketing e redes sociais, já que a ideia é não investir dinheiro para impulsionar os materiais. 

  1. SEO

Para garantir tráfego orgânico para o seu site, vale investir nas técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca). 

Elas funcionam para melhorar o posicionamento do seu site ou blog nos mecanismos de busca. 

O Google analisa as páginas online a partir dos critérios de SEO e ranqueia os sites de acordo com isso. Assim, as páginas otimizadas para SEO costumam ter um posicionamento melhor no Google, aumentando a sua visibilidade online.

Por isso, você deve adaptar suas páginas online e os posts do seu blog de acordo com as técnicas de SEO para alcançar melhores resultados nos mecanismos de busca.

  1. Posts nas redes sociais

Fazer posts nas redes sociais divulgando os conteúdos da sua marca e direcionando os seguidores para o seu site também é uma boa estratégia de tráfego orgânico. 

Nesse caso, há várias possibilidades. 

Se o seu perfil do Instagram já conta com o famoso “arrasta pra cima”, utilize esse mecanismo para levar tráfego para o seu site.

O “link na bio” também é outra estratégia que pode ser usada. Divulgue seus produtos ou conteúdos nos stories e, depois, peça para quem se interessou entrar no link.

Além disso, os posts do feed também podem direcionar os seus seguidores para as suas páginas de vendas.

Você consegue disponibilizar seus produtos e marcar o modelo e o preço dentro do post. Assim, o cliente consegue clicar no que gostou e é levado até a sua loja online para comprar. 

E aí, o que você achou do post de hoje? Se você quer ficar por dentro das novidades do Papo de Balcão, participe do nosso grupo exclusivo no Telegram. Para isso, clique aqui, utilizando o seu celular: Grupo PDB.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.