Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

O que fazer quando o cliente diz que vai ver e retornar?

 O que fazer quando o cliente diz que vai ver e retornar?

Tempo de leitura: 6 minutos

O que o seu cliente diz para não comprar de você? “Hoje não, talvez mais para frente”, “Vou ver e te falo”, “Agora estou sem tempo de ver”, “O produto está caro e vou esperar um desconto”. Alguma dessas frases é familiar? 

Quando não estão seguros da decisão de compra, os clientes podem ficar hesitantes e ter ainda algumas objeções que você precisa quebrar para realizar a venda. 

Mas como lidar com esse tipo de situação? É o que vamos ver no post de hoje. Você vai entender quais são os principais motivos que fazem o seu cliente hesitar na hora da compra e como contornar essa situação, deixar o consumidor mais seguro para comprar e, finalmente, fechar suas vendas. Quer saber mais sobre o assunto e expandir seu faturamento ainda esse mês? Então, vem ler! 

  1. Entender quais são as objeções

As principais objeções dos clientes costumam ser tempo e dinheiro. O consumidor também pode não ter certeza de que o seu produto é para ele e isso também se torna uma objeção. O seu objetivo na venda deve ser quebrar essas objeções todas, para eliminar as barreiras que ainda impedem o seu cliente de comprar.

A desconfiança em relação a sua empresa também pode ser uma objeção, então, é interessante apresentar o que você faz e qual a sua autoridade no mercado. Monte uma apresentação atrativa para seu cliente, com as informações mais relevantes sobre a sua empresa.  

Se o seu negócio já ganhou algum prêmio, se já saiu em alguma matéria de revista ou jornal, ou se você tem depoimentos de clientes satisfeitos, todos esses elementos demonstram a autoridade da sua empresa.

  1. Marcar o retorno

Uma ideia para não perder o cliente é marcar um retorno da ligação quando ele diz que não tem tempo naquele momento ou que ainda vai ver ver se vai comprar. 

Aqui, é importante ter objetividade e marcar um dia e um horário para retornar a ligação. Com isso, você estabelece um compromisso com aquele cliente e tem mais uma oportunidade de vender seus produtos para ele.

  1. Produzir conteúdos de apoio

Conteúdos de apoio podem ser muito úteis para esclarecer as principais dúvidas dos clientes, quebrar objeções e vender mais. 

Então, para ajudar na decisão de compra do consumidor, produza vídeos, PDFs, posts de blog e demonstrações de utilização do seu produto. Se você conta com um time de vendas, os profissionais terão um auxílio extra para dar suporte ao processo de venda. 

Mas é importante dizer que, para você criar esses conteúdos, é necessário entender muito bem os problemas, as necessidades e os desejos dos seus consumidores. Assim, ao abordá-los para a venda, você consegue ir diretamente na dor que eles têm e mostrar como o seu produto é a solução para esse problema. 

  1. Mostrar valor

Muitas vezes, quando o cliente está hesitante para comprar porque achou o seu produto caro, isso acontece porque ele não enxerga valor naquilo que você está vendendo. Por isso, o objetivo é sempre mostrar esse valor para o consumidor para que o preço não seja um impeditivo da compra. 

Quando você observar que é esse o caso, é interessante testar diferentes abordagens para ver qual tem o melhor resultado com os seus clientes. 

Explique o que o cliente ganha ao comprar de você e mostre o que ele perde ao não comprar. Quais bônus e vantagens ele recebe fechando negócio com a sua empresa e não com o concorrente? Qual o diferencial dos seus produtos? 

Mostrar valor é uma das melhores formas de quebrar a objeção do cliente quando ele diz que não tem dinheiro para comprar de você. 

Além disso, é importante traçar cenários do sonho para o cliente, mostrando a transformação que o produto promove e como esse consumidor estará no futuro, ao utilizar o seu produto. 

  1. Crie urgência

A urgência é outro aspecto importante para estimular a compra quando o cliente está hesitante. Mas você só deve utilizar esse recurso quando, de fato, ele fizer parte da realidade do seu negócio. Então, por exemplo, se você ainda tem muito estoque de um determinado item, não vale dizer que está vendendo as últimas peças. Ou seja, não vale mentir para o cliente. 

Afinal, quem nunca viu um produto que está há um tempão nas últimas unidades e nunca acaba? Esse tipo de atitude só compromete o nome e a credibilidade da empresa, afetando, inclusive, as vendas.

Mas se, realmente, o preço do produto irá aumentar em pouco tempo, se restam apenas poucas peças em estoque ou se são as últimas vagas para um curso, vale utilizar o recurso da urgência para estimular a decisão de compra do cliente. 

  1. Oriente a sua equipe

Treine os funcionários para não se contentarem com o famoso “vou ver e te falo” do cliente. Mas também oriente a equipe para não ter uma abordagem invasiva com o consumidor, porque isso, além de não ser indicado, pode afastar o seu cliente e causar uma péssima impressão nele.  

Passe essas dicas para o seu time e crie um protocolo de abordagem. Nada fixo ou engessado, mas algo que auxilie a equipe na hora de enfrentar as objeções dos clientes. 

  1. Fazer follow-up

Por mais que seja importante tentar quebrar as objeções dos clientes, nem sempre eles estão preparados para comprar de fato. Às vezes, ainda não é o momento. O que não significa que esse momento nunca chegue. Por isso, identifique com quais clientes vale a pena fazer um acompanhamento (o chamado follow-up) ao longo do tempo para saber se o momento certo chegou.

Esse acompanhamento pode ser feito pelo telefone, pelo WhatsApp, por e-mail ou pelas redes sociais, dependendo do canal de comunicação que você utiliza para falar com esse cliente.

A ideia é se mostrar sempre disponível para esclarecer dúvidas e também perguntar se algo no contexto desse consumidor mudou e se o seu produto agora faz sentido para ele. Nesses casos, você também pode oferecer uma condição especial de pagamento, por exemplo.  

O que você achou do post de hoje? Para ficar por dentro de todas as novidades do Papo de Balcão, entre para o nosso grupo do Telegram. Para isso, é só clicar aqui utilizando o seu celular. 

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Stone e receba sua maquininha amanhã

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.