Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

O que é faturamento bruto e faturamento líquido?

 O que é faturamento bruto e faturamento líquido?

Você sabe o que é faturamento? Esse indicador é fundamental para que você compreenda o desempenho das suas vendas e possa otimizar estratégias. 

No post de hoje, vamos explicar o que é faturamento e qual a diferença entre esse conceito, o lucro e a receita do negócio. Também vamos mostrar as diferenças entre faturamento bruto e líquido. No final do artigo, você vai conferir 3 dicas para melhorar esse indicador no seu negócio. Continue lendo para saber mais!

O que é faturamento?

Como você definiria o que é faturamento? De forma simples, ele corresponde ao valor das suas vendas com produtos ou serviços. Então, o faturamento é a soma de todas as entradas advindas da sua atividade comercial.

Assim, se você tem uma confeitaria e vendeu R$ 5 mil em bolos no mês, esse é o seu faturamento.  

Saber o faturamento é fundamental para avaliar as suas estratégias e definir planos de ação para o seu negócio. Acompanhar o faturamento mês a mês é importante para ter uma visão mais clara e ampla da sua empresa e das suas vendas, comparando o desempenho de cada período considerado. 

Além disso, dependendo do regime tributário do seu negócio, o faturamento é utilizado como base de cálculo para o pagamento de impostos. 

Esse indicador também é determinante na hora de escolher o porte da empresa e a sua natureza jurídica. 

Agora, não confunda faturamento com lucro! O faturamento mensal é o valor correspondente às vendas feitas no período de um mês, o que não quer dizer que a sua empresa tenha lucrado. 

Para ter lucros, é necessário que o valor do faturamento seja suficiente para arcar com todos os custos do negócio e ainda sobre alguma quantia em dinheiro. Essa “sobra” financeira corresponde aos lucros.  Assim, você pode ter um faturamento alto em um mês, mas não necessariamente ter lucros, dependendo dos gastos mensais.

O faturamento também é diferente da receita. Quer saber por qual motivo? Então, confira o próximo tópico!

Qual a diferença entre faturamento e receita?

O faturamento corresponde àquilo que você espera que entre no seu caixa, de acordo com o valor das vendas feitas. Já a receita mensal corresponde a quantia em dinheiro que de fato entra no seu caixa, ou seja, que você recebe no mês.

Assim, embora você possa faturar, por exemplo, R$ 100 com a venda de um produto, se o cliente parcelou o pagamento, o valor que entra no seu caixa a cada mês é menor, a não ser que você solicite a antecipação de recebíveis.

Ao mesmo tempo, do ponto de vista da contabilidade, receita e faturamento podem ser vistos com um conceito só, englobando todos os ganhos do negócio. 

Agora, outra distinção importante a ser feita é entre o faturamento bruto e o líquido. Quer saber mais sobre o assunto? Então, veja a seguir!

Qual a diferença entre faturamento bruto e faturamento líquido?

Lembra que falamos que faturamento e lucro são conceitos diferentes? Então, embora não signifiquem a mesma coisa, eles estão diretamente relacionados, principalmente considerando o faturamento bruto e o líquido. Você sabe a diferença entre eles?

Faturamento bruto

O faturamento bruto corresponde à multiplicação do preço do produto/serviço pelo número de unidades vendidas no período considerado: 

Preço do produto X Unidades vendidas do produto 

Então, voltando ao nosso exemplo sobre a confeitaria, vamos supor que, em um mês, você tenha vendido 60 bolos a R$ 50 cada. Assim, o seu faturamento bruto fica R$ 3 mil, como mostra o cálculo:

50 X 60 = 3 mil

Para vendas de mais de um produto, é só somar todos os resultados para chegar no faturamento bruto total. 

Faturamento líquido

Já o cálculo do faturamento líquido é um pouco mais complexo. Ele corresponde ao seu faturamento bruto menos as deduções de vendas e os impostos de cada transação:

Faturamento bruto – dedução de vendas – impostos = Faturamento líquido

A dedução de vendas nada mais é do que o valor dos produtos devolvidos ou os cancelamentos de contrato do período.

Os impostos, por sua vez, vão depender das responsabilidades tributárias do seu negócio, que variam de acordo com o seu tipo de empresa. 

Se você não tem certeza sobre o valor exato a ser pago com tributos, vale conversar com o seu contador para ter clareza sobre esse aspecto. Lembrando que, dependendo do seu regime tributário, os impostos incidem diretamente sobre o seu faturamento bruto. 

Assim, supondo que você tenha um faturamento bruto de R$ 3 mil, uma dedução de vendas no valor de R$ 200 e que pague 5% de impostos (R$ 150, nesse caso), o cálculo do faturamento líquido fica assim:

3 mil – 200 – 150 = 2650 

A vantagem de calcular o faturamento líquido é a precisão que ele traz para a gestão financeira do seu negócio.

Mas como você pode aumentar o seu faturamento mensal? Trouxemos algumas dicas para ajudar o seu negócio nesse aspecto. Vem ver!

3 dicas para melhorar o faturamento da sua empresa

O faturamento é um dos indicadores mais importantes para você acompanhar. Por isso, se você quer garantir a saúde financeira da empresa, é preciso cuidar do seu faturamento. Confira 3 dicas para alcançar esse objetivo!

  1. Gestão financeira

Fazer a gestão financeira do seu negócio é fundamental para saber quais estratégias devem ser feitas para melhorar o seu faturamento. A partir disso, é possível equilibrar o seu fluxo de caixa e garantir que o seu negócio ganhe mais do que gasta. 

Realize um controle eficiente de estoque, analisando as entradas e saídas, além de organizar esses pontos para ter clareza sobre os seus processos de vendas. 

Com isso, você evita as compras de urgência, que podem encarecer os produtos, e aumenta suas chances de conseguir condições especiais junto aos fornecedores.

A partir de uma análise financeira precisa, é possível identificar desperdícios, gargalos e oportunidades de melhoria que impactam diretamente no seu faturamento.

  1. Ações de vendas

Refinar suas ações de vendas é uma ótima ideia para aumentar o faturamento da empresa. Para isso, reveja suas operações e busque identificar os problemas mais frequentes na área de vendas. 

Nesse sentido, é importante contar com uma equipe motivada e qualificada. Então, aposte no treinamento constante dos profissionais e crie uma cultura de aprendizados na empresa. 

Além disso, é importante entender as necessidades do seu público para poder fazer ofertas mais precisas e que despertem o interesse dos consumidores. Assim, você consegue incluir ações de up sell (para vender produtos mais caros) e de cross sell (que complementam as soluções já adquiridas pelos clientes). 

  1. Atendimento ao cliente

O atendimento ao cliente impacta a percepção que ele tem sobre o seu negócio e a satisfação dele em relação aos seus serviços, além de ser um elemento essencial para fortalecer o relacionamento com o consumidor. 

Então, invista em estratégias de retenção, para evitar as deduções de vendas, e também em ações de fidelização, que mantêm o cliente comprando da sua empresa. 

Aplicando essas dicas, você deve ver o seu faturamento aumentar, evitando problemas financeiros e garantindo um crescimento consistente para o seu negócio.

E aí, o que você achou do post de hoje? Para mais conteúdos sobre empreendedorismo, continue acompanhando o Blog Papo de Balcão. Até a próxima!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Stone e receba sua maquininha amanhã

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.