Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

O cliente acha o seu produto caro? 5 dicas para resolver isso!

 O cliente acha o seu produto caro? 5 dicas para resolver isso!

Você já tentou vender um produto ou serviço para o cliente e ele achou caro? Essa é uma realidade vivida em muitos negócios e pode ser bastante frustrante tanto para o consumidor como para o lojista. Mas existem formas de amenizar essa situação.

No post de hoje, vamos trazer algumas dicas sobre o que fazer quando o cliente reclama do preço daquilo que você vende. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. A primeira dica de hoje é mostrar ao cliente o valor do seu produto e serviço. Preço e valor são conceitos diferentes. Enquanto o primeiro corresponde à quantia em reais que o cliente vai pagar pelo seu produto, o valor está ligado aos benefícios daquilo que você vende e ao serviço envolvido na venda. Por isso, deixe claro para o cliente como a sua solução resolve os problemas que ele tem. Assim, você aumenta suas chances de vendas. A segunda dica de hoje é negociar com o cliente. Você deve avaliar quando é possível oferecer algum desconto, principalmente no caso dos clientes mais fiéis. Pense também em flexibilizar condições de pagamento, como permitir o desconto em caso de pagamento à vista ou parcelamento sem juros e em várias parcelas. 
  2. A terceira dica de hoje é pedir um cadastro para o cliente em troca de condições exclusivas. Você pode, por exemplo, criar um grupo fechado só para consumidores cadastrados e trazer ofertas especiais apenas a essas pessoas. Assim, o valor do seu produto aumenta e o cliente pode perceber que o preço cobrado realmente vale a pena. 
  3. A quarta dica é reavaliar seus preços. Pode ser que o seu produto esteja realmente muito caro e precise de um reajuste. Faça uma pesquisa de mercado, avaliando seus concorrentes e perguntando aos seus clientes quanto eles estão dispostos a pagar. Mas é importante não baixar muito o preço ao ponto de ficar no prejuízo. A quinta e última dica é focar no serviço. Oferecer um atendimento de excelência ao cliente agrega mais valor ao seu produto e é um importante diferencial competitivo. Assim, mesmo que o seu concorrente venda o mesmo item a um preço menor, é provável que o seu cliente não abandone a sua empresa, pelo excelente serviço recebido.

1. Demonstre o valor do que você vende

Muitas vezes, o cliente acha que o preço do seu produto ou serviço está caro, porque ele não está enxergando o valor do que você oferece. Enquanto o preço diz respeito a uma quantia em dinheiro que o consumidor precisa desembolsar para pagar o produto ou serviço, o valor vai muito além disso. 

O valor está ligado, por exemplo, aos benefícios que o cliente vai ter adquirindo o produto e ao atendimento recebido antes, durante e depois da venda. 

Por isso, não apenas informe o preço ao consumidor, mas deixe claro qual é o valor daquilo que ele quer comprar. Apresente as soluções que o seu produto ou serviço traz para as dores do cliente. 

Enxergando esse valor, o cliente consegue justificar para si mesmo o preço do seu produto, aumentando as suas chances de vendas

2. Negocie com o cliente 

Negociar as condições de pagamento com o cliente é uma forma de não perder a venda e nem prejudicar financeiramente o seu negócio quando ele acha o seu produto muito caro. 

Avalie as reais possibilidades de desconto que você pode oferecer em cada situação. É claro que isso não deve se tornar uma rotina no seu negócio, mas em alguns momentos pode ser uma saída. Se o consumidor é um cliente fiel, por exemplo, você pode flexibilizar mais as condições.

Outra possibilidade é oferecer condições especiais, como desconto em pagamento à vista ou parcelamento sem juros e em várias parcelas.  

3. Pedir um cadastro

Ainda pensando em negociar com o cliente, você pode pedir um cadastro em troca de condições exclusivas para os consumidores cadastrados na sua empresa, como ofertas especiais ou descontos no mês do aniversário. 

Você também pode criar um grupo fechado só para quem é cadastrado, no qual os clientes vão receber as novidades do seu negócio em primeira mão. Outra alternativa é fazer uma parceria com uma marca e oferecer brindes apenas para os consumidores desse grupo. 

O importante aqui é mostrar quais os benefícios que o cliente irá ganhar fazendo um cadastro com você. 

Com isso, você aumenta o valor agregado do seu produto ou serviço, já que, ao comprar com a sua empresa, o consumidor ganha benefícios. Assim, a percepção dele sobre o preço daquilo que você vende pode mudar. 

4. Reavalie seus preços

Pode ser que o seu produto esteja realmente muito caro para o que ele oferece. Nesse caso, talvez seja necessário rever os preços.

Para entender se isso está acontecendo com o seu negócio, faça uma pesquisa de preços no mercado, avaliando quanto os seus concorrentes estão cobrando e o quanto os consumidores estão dispostos a pagar. 

Usar a caixinha de pergunta dos stories do Instagram para saber quanto os consumidores desembolsariam com determinado produto pode ser uma ótima saída. 

Coloque no papel os custos de produção para também não abaixar o preço dos seus produtos ao ponto de ficar no prejuízo. 

Considere também a exclusividade e a originalidade do seu produto. Se você é o único negócio na região que vende determinado item, pode acabar cobrando um pouco mais caro. Mas se o seu bairro tem várias empresas vendendo os mesmos produtos, repensar os preços pode ser uma boa ideia e até um diferencial competitivo.

5. Foque no serviço

Lembra que falamos sobre o cliente perceber valor naquilo que você vende? Então, é importante criar um cenário positivo ao redor do seu produto. Ou seja, focar no seu serviço para além das mercadorias. 

Se você dedica toda a atenção necessária ao cliente antes, durante e depois da venda, ele dificilmente vai se importar em pagar mais caro por um produto. 

Por isso, entregue excelência no atendimento ao consumidor para justificar o preço cobrado. 

Além disso, criar uma experiência inesquecível ao cliente é um importante diferencial competitivo. Mesmo que o seu concorrente venda o mesmo produto por um preço menor, o cliente não vai querer abrir mão do seu serviço. 

Relembrando, portanto, o cliente vai achar o seu produto caro se não enxergar valor nele. Então, foque em criar esse valor com o seu serviço.

O que você achou das dicas de hoje? Para ficar por dentro de todas as novidades do Papo de Balcão, participe no nosso grupo exclusivo do Telegram. É só clicar neste link pelo celular: Grupo PDB.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.