Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

Metas para o pequeno negócio: 5 dicas que podem fazer a diferença!

 Metas para o pequeno negócio: 5 dicas que podem fazer a diferença!

Quais serão as metas do seu negócio para o próximo ano? Com o final de 2020 chegando, esse é o momento de fazer planos para o ano que se aproxima. Nesse sentido, é importante estabelecer os objetivos nos quais a sua empresa deve focar. 

Para ajudar você nesse processo, separamos algumas dicas para estabelecer metas eficientes e otimizar seus resultados em 2021. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. Uma forma simples de estabelecer metas é aplicar a metodologia SMART. A sigla diz respeito a 5 características que definem como as metas devem ser: S (específica); M (mensurável); A (atingível); R (relevante); T (com prazos definidos). Então, crie objetivos precisos, como aumentar as vendas em 30%, que sejam possíveis de serem medidos, que sejam realistas de acordo com o momento do seu negócio, que façam a diferença para os seus resultados e que durem um limite de tempo.
  2. Definir como você irá medir os resultados das suas estratégias é tão importante quanto estabelecer as metas do negócio. Isso porque, só mensurando o retorno dessas ações você consegue avaliar se as suas metas são as melhores para a empresa. Com isso, é possível comparar as expectativas do início, no momento em que os objetivos foram criados, com a realidade da situação, depois de ter desenvolvido suas estratégias rumo às metas estabelecidas. Depois, é importante criar um plano de ação para alcançar as metas. Para isso, utilize a engenharia reversa, partindo do resultado desejado até o momento atual do negócio. Assim, fica mais fácil avaliar se há algo que precisa ser ajustado no meio do caminho e se a sua meta é realista. 
  3. Para conquistar suas metas, o trabalho em equipe é fundamental. Por isso, engaje seus funcionários no seu propósito e pense em recompensas para quando os objetivos forem atingidos. O reconhecimento do time é importante para manter os profissionais motivados e estimulá-los ainda mais na conquista de novas metas. Por fim, para definir metas, analise seu histórico. Ele oferece informações valiosas sobre o seu negócio e que podem dar um norte sobre o que fazer no futuro. Nesse cenário, é interessante também olhar para o mercado e para as perspectivas do seu setor no próximo ano. 
  1. Adotar a metodologia SMART 

Você já ouviu falar na metodologia SMART? Ela surgiu para facilitar o estabelecimento de metas. A sigla SMART diz respeito a 5 características que as metas devem ter:

  • S (específica): as metas precisam ser específicas. Isso quer dizer que, na hora de fazer planos para o próximo ano, nada de criar metas muito gerais. Então, ao invés de pensar em “aumento de vendas”, estabeleça um número. Por exemplo, crescer as vendas em 30% ou 3x em comparação com 2020. 
  • M (mensurável): não adianta ter uma meta se você não tem como medí-la para saber se está se aproximando do resultado esperado. 
  • A (atingível): é preciso traçar metas realistas para o negócio. Mesmo com o entusiasmo que o crescimento da empresa representa, é preciso colocar o pé no chão para não estabelecer objetivos inalcançáveis para o seu negócio. Afinal, eles podem gerar frustração, impactando negativamente no desenvolvimento da empresa.
  • R (relevante): aqui, você deve pensar se a meta vai trazer resultados positivos para o seu negócio e se, entre as metas possíveis, é a que vai trazer o melhor resultado. Analise bem as possibilidades antes de definir quais serão os objetivos escolhidos. 
  • T (com prazos definidos): assim como as metas precisam ser precisas, também é necessário estabelecer um limite de tempo para elas. Então, se você estabeleceu que o objetivo é crescer as suas vendas em 30%, em quanto tempo isso deve ser feito? Um ano, três meses? Determine prazos para cada objetivo. Assim, você sabe exatamente o que priorizar nas suas estratégias

Na hora de pensar nas metas para a sua empresa, veja se elas se encaixam nas categorias acima e faça os ajustes necessários para tornar os seus objetivos mais eficientes. 

  1. Medir os resultados 

Vimos que as metas precisam ser mensuráveis. Então, é importante decidir como medir seus resultados para compará-los com os objetivos estabelecidos. 

Fazer essa medição, vai mostrar se você está no caminho certo para atingir seus objetivos. Além disso, adotando formas eficientes de mensurar seus resultados, você consegue realizar análises periódicas que podem indicar o que deve ser mudado. 

Pode ser que você tenha que ajustar algumas metas no meio do caminho, com base nos resultados obtidos, seja para aumentar ou diminuir essas metas. 

  1. Traçar um plano de ação 

Agora que você já sabe quais características as metas devem ter e qual a importância de medir seus resultados, é o momento de traçar um plano de ação para alcançar os objetivos. 

Para fazer esse planejamento, pense na meta e faça um processo de engenharia reversa para entender o passo a passo a ser dado para alcançar seu objetivo. Ou seja, faça o processo inverso, partindo do resultado que você quer ter até o momento em que a sua empresa está hoje. 

Durante a construção desse plano, você consegue identificar possíveis problemas no meio do caminho e rever suas metas, se for necessário. 

  1. Alinhar os funcionários

Mesmo que você tenha metas que se enquadrem na metodologia SMART, faça um plano eficiente de ação, saiba mensurar seus resultados e tenha prazos bem definidos, não adianta se os seus funcionários não estiverem alinhados com os mesmos objetivos. Seus funcionários são fundamentais para atingir as metas da empresa. 

Então, é preciso engajá-los em um mesmo propósito. Pense em recompensas, não apenas financeiras (mas também, se possível), que irão estimulá-los. Quando os profissionais se sentem reconhecidos e entendem o porquê do trabalho que estão fazendo, a produtividade aumenta. 

Com uma equipe motivada e um plano de ação definido, fica muito mais fácil atingir suas metas. Além disso, quando o time atinge o objetivo, isso também gera um sentimento de satisfação, que estimula ainda mais um bom trabalho rumo às metas de crescimento da empresa. 

  1. Analisar o histórico

A gente sabe que 2020 foi atípico, mas, para estabelecer metas, é importante analisar o histórico da sua empresa nos últimos anos. Essa visão te ajuda a entender o que esperar para os próximos meses. Veja quanto de crescimento você teve a cada ano ou a cada mês.

É interessante observar se o seu negócio também tem produtos ou serviços sazonais, cujas vendas variam ao longo do ano. Com isso, você colhe várias informações sobre a empresa para estabelecer metas mais precisas e realistas. 

Uma dica aqui também é se informar a respeito do mercado e das perspectivas para o seu setor. Assim, você tem mais um elemento para pensar sobre suas metas de crescimento para o futuro. 

O que você achou destas dicas? Se você gostou deste post, dá uma olhada neste aqui também: 5 dicas de gestão de tempo para empreendedores.

Obrigada pelo papo e conte com a gente! 

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Stone e receba sua maquininha amanhã

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.