Marketing de conteúdo: 7 dicas para alavancar sua estratégia!

 Marketing de conteúdo: 7 dicas para alavancar sua estratégia!

Você já adota alguma ação de Marketing de Conteúdo? Esse conceito está relacionado a utilizar a produção de conteúdo (como artigos de blog, ebooks, posts em redes sociais e vídeos) para fortalecer o Marketing da sua empresa. 

A gente sabe que o pequeno negócio trabalha com um orçamento apertado e pode até competir com grandes nomes do mercado. Mas você não precisa de muito para começar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo! 

Mesmo com um equipe enxuta, é possível ter resultados orgânicos e consistentes, conquistar o seu público e aumentar a base de clientes da empresa. Quer saber como? Então, vem ler as dicas que preparamos! 

Três principais aprendizados de hoje

  1. A primeira etapa para ter uma estratégia de Marketing de sucesso no seu negócio é fazer um planejamento. Nele, inclua detalhes sobre a frequência de publicações, os canais de divulgação do conteúdo, a persona do negócio, os responsáveis pelo conteúdo e os formatos escolhidos. Depois, é hora de pesquisar quais palavras-chave você vai trabalhar nos seus conteúdos. Elas se referem aos termos mais buscados pelos seus potenciais clientes em sites como o Google e que tenham relevância para o seu negócio.  
  2. A partir do momento em que você já sabe quais palavras usar, comece a escrever artigos sobre o assunto e monte um blog. Para isso, foque a redação dos post em SEO (Search Engine Optimization), uma técnica para ranquear melhor no Google. Algumas dicas nesse sentido envolvem escrever frases e parágrafos curtos, usar a palavra-chave escolhida algumas vezes ao longo do texto e buscar uma hierarquia no tamanho dos títulos. Além dos artigos de blog, é interessante produzir materiais ricos e que podem ser baixados gratuitamente em troca de um dado de contato, como ebooks e infográficos. 
  3. O próximo passo é distribuir o seu conteúdo. Escolha os canais para fazer essa divulgação, como suas páginas nas redes sociais ou crie anúncios para os materiais. É fundamental contar com as métricas para entender se a sua estratégia de Marketing de Conteúdo está funcionando. Veja quantas pessoas baixaram os materiais produzidos e qual a taxa de abertura dos e-mails de divulgação, se esse foi o meio escolhido para distribuir o conteúdo. Por fim, busque referências de pessoas e marcas que você admira e que produzem materiais de qualidade. Assim, o seu negócio fica sempre atualizado a respeito das últimas tendências do mercado.  
  1. Planejamento

O primeiro passo para adotar o Marketing de Conteúdo no seu negócio é planejar como ele será feito. Isso envolve responder a algumas perguntas:

  • quais serão os formatos de conteúdo?
  • quais serão os canais de distribuição do conteúdo? (blog, redes sociais, anúncios?)
  • qual será a frequência de publicação/produção de conteúdo?
  • quem ficará responsável pelo desenvolvimento dos materiais? (equipe interna, freelancers?)
  • para quem o conteúdo é destinado? (qual a sua persona?)

Comece pequeno e invista principalmente na qualidade do conteúdo produzido, mesmo que isso signifique, por exemplo, montar apenas um ebook por mês e  publicar dois posts no Instagram por semana. 

Com o tempo e os bons resultados, vá aumentando a frequência de publicação e até a equipe de profissionais envolvidos no desenvolvimento da estratégia. A chave do Marketing de Conteúdo é a consistência do processo. Não desista!

  1. Pesquisa de palavras chave

As palavras-chave são fundamentais para uma estratégia consolidada de Marketing de Conteúdo. Elas envolvem os termos mais buscados pelo seu público em sites como o Google. 

Por exemplo, se você tem um negócio de marmitas fitness, pode ser que seus clientes façam uma busca com “onde comprar marmitas fitness?”; “como congelar marmitas?”; “quantas calorias tem uma marmita fitness?”. 

Na hora de estabelecer as palavras a serem trabalhadas no seu conteúdo, mescle termos menores como “marmitas fitness” e termos maiores, como “lojas que vendem marmitas fitness”.

Na hora de fazer sua pesquisa, atenção ao volume de buscas e à relevância daquele assunto para o seu público! 

Algumas ferramentas que são de grande utilidade para realizar essa pesquisa são: SEMrush, Ubersuggest e o planejador de palavras-chave da Google

  1. Redação focada em SEO

Criar um blog é uma ótima forma de realizar o Marketing de Conteúdo. Mas para que essa estratégia tenha sucesso, é preciso seguir algumas diretrizes. Uma delas é focar a redação dos artigos no chamado SEO (Search Engine Optimization), uma forma de facilitar o ranqueamento no Google. 

Algumas orientações básicas nesse sentido envolvem:

  • Escrever frases curtas e objetivas
  • Escrever parágrafos curtos
  • Usar a palavra-chave e palavras relacionadas a ela ao longo do texto
  • Tornar o texto escaneável, dividido em tópicos
  • Colocar o título do artigo em uma fonte maior
  • Incluir os subtítulos em fonte menor que o título 

Há diversos cursos online e gratuitos sobre o assunto. Mas você também pode contratar um profissional especializado para realizar esse serviço. 

A partir da criação do blog, os resultados demoram um pouco para aparecer, mas ele é uma ótima estratégia a longo prazo e que pode render frutos para o seu negócio. 

Isso porque os clientes acabam conhecendo a sua marca por meio dos posts do seu site, seja realizando buscas sobre determinado assunto, seja por alguma outra forma pela qual o artigo foi divulgado. 

  1. Materiais ricos

Os artigos de blog são uma ótima forma de atrair pessoas de forma orgânica (não paga) para o seu site. Agora, produzir materiais ricos e gratuitos, como ebooks ou infográficos, também funciona muito bem em uma estratégia de Marketing de Conteúdo para o pequeno negócio. 

Na hora de oferecer esse tipo de conteúdo, é interessante pedir algum dado de contato em troca do download do material, como e-mail e telefone. Isso porque, a partir desse tipo de informação, é possível mapear a conversão, já que você consegue ver quantas pessoas resolveram fazer o download. 

Além disso, com os dados de contato em mãos, a comunicação com o público fica muito mais fácil. Afinal, você pode enviar um e-mail ou um WhatsApp para essas pessoas, divulgando outros conteúdos ou produtos da sua marca.   

  1. Distribuição

A distribuição do conteúdo é tão importante quanto a sua produção (ou até mais!). Isso porque é ela que vai fazer as pessoas olharem para o que você produziu e consumirem os materiais. 

Então, pense em quais canais você vai fazer a divulgação do seu conteúdo. Algumas opções são:

Esteja onde o seu cliente está. Não adianta investir em divulgação no LinkedIn, se grande parte do seu público está no Instagram

Por isso, aproveite a etapa de planejamento para definir como vai ser a distribuição do conteúdo produzido. Se você ainda não tem ideia de qual o melhor canal, faça testes e veja em qual você teve uma resposta melhor. Para saber isso, as métricas são essenciais!

  1. Métricas

As métricas são suas melhores amigas em qualquer estratégia de Marketing de Conteúdo que você adote. Afinal, são elas que vão mostrar se o caminho tomado está funcionando ou se precisa ser revisto. Mas lembre-se que os resultados também não vão aparecer de um dia para o outro. 

Faça período de testes para entender qual o formato de conteúdo mais aceito pelo seu público, que tipo de artigo ele gosta de ler e qual modelo de post nas redes sociais tem maior engajamento. 

Observe a conversão dos materiais produzidos. Ela mostra se aquele conteúdo gerou interesse suficiente nas pessoas para que elas fornecessem um dado de contato, por exemplo. 

Se uma das formas de distribuição escolhidas é o e-mail, atente para as taxas de abertura e de cliques que cada mensagem recebeu. Plataformas como o Mailchimp permitem verificar esse tipo de informação com facilidade. 

  1. Referências

Na hora de criar seus conteúdos, tenha referências para se inspirar (mas, claro, não copie!). Acompanhe pessoas e marcas que você admira, mesmo que não tenham diretamente a ver com o seu nicho. Assim, você estimula a sua criatividade e se atualiza em relação às tendências do mercado. 

A gente espera que essas dicas tenham ajudado você a criar uma estratégia de Marketing de Conteúdo personalizada para o seu negócio! Se você gostou do nosso post, pode se interessar por este aqui também: Marketing no Instagram e Facebook: 13 perfis para inspirar a estratégia do seu negócio.

E também não deixe de ouvir o podcast: Construção de marca por meio do próposito

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *