Delivery: principais dicas para vender online!

 Delivery: principais dicas para vender online!

Em tempos de isolamento social, os pequenos negócios podem ser muito prejudicados. Por isso, é preciso buscar alternativas para sua empresa continuar vendendo enquanto cumpre as regras para proteger a população contra o coronavírus.  

Se você tem um serviço de alimentação, como padaria, restaurante, bar, confeitaria e sorveteria, pode optar pelo delivery para manter seus clientes. Como ninguém deve sair de casa, esse serviço tem sido ainda mais procurado pelos consumidores e pode ser uma ótima alternativa para manter o seu negócio funcionando. 

Ao longo do post, vamos dar algumas dicas para lidar com a crise atual e adotar o delivery como carro-chefe do seu negócio. Vem ler!

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

Se você já tem um delivery, precisa aumentar sua presença digital para divulgar seu serviço de entrega. Para isso, faça posts diários nas redes sociais e compartilhe conteúdos realmente relevantes com o seu público. Outra opção é aumentar seu horário de delivery para atender um maior número de pessoas e não perder vendas. Já se a sua empresa ainda não faz entregas, é hora de estruturar um serviço de delivery. Primeiro, defina a região a ser atendida e o horário de funcionamento. Depois, pense em como as entregas vão ser feitas, de bicicleta, moto ou carro. A partir disso, calcule os custos que você vai ter e estabeleça as taxas de entrega. 

2.

Rappi, iFood e Ubereats são os maiores aplicativos de entrega do Brasil e você pode considerá-los na hora de montar sua estratégia para enfrentar a crise atual. Do ponto de vista das empresas, eles são fáceis de se cadastrar, permitem que você inclua seu cardápio e oferecem promoções para promover seus produtos. Do ponto de vista do cliente, os apps oferecem um serviço rápido e de qualidade, com taxas de entrega acessíveis.

3.

As redes sociais são fundamentais para você divulgar seus serviços de entrega. Mesmo que você esteja em algum app de delivery, fale para os seus clientes que você oferece esse serviço. Faça posts todos os dias e deixe os canais de contato abertos, como Instagram, Facebook e WhatsApp, para receber dúvidas e pedidos. 

Delivery como alternativa

Para se manterem durante o período de isolamento, os pequenos negócios devem apostar em soluções inovadoras. Isso não significa investir alto em máquinas e tecnologias. No caso de restaurantes e bares que não têm serviço de entrega, inovar pode ser adotar o delivery para atender os clientes. 

Mesmo que você já ofereça a opção de entrega em casa para o seu consumidor, pode fazer algumas mudanças para aproveitar ainda mais esse serviço nesse momento.  

Agora, vamos te mostrar dois planos de ação possíveis, dependendo do cenário do seu negócio. 

Plano de Ação 1 – Cenário: Você já tem um delivery

Se você já tem um serviço de delivery, ótimo! Agora, precisa potencializar esse serviço para atender seus clientes. Uma dica é ampliar seu horário de atendimento e os dias em que vai fazer as entregas. Como você não vai ter que atender na loja física, pode fazer mais entregas agora do que se ainda estivesse com o estabelecimento aberto. 

Além disso, aumente a sua presença digital. Alimente suas redes sociais com conteúdos relevantes todos os dias. Assim, consegue engajar seu público e divulgar ainda mais o seu serviço de entrega. 

Uma outra opção para otimizar seu delivery é contar com parceiros especializados. Você com certeza já ouviu falar nos aplicativos de entrega, como Rappi e iFood, certo? Se você ainda não tem uma conta nesses apps, pode considerar a opção. Mais para frente, vamos falar sobre as alternativas nesse caso, não deixe de ler! 

Plano de Ação 2 – Cenário: Você não tem um delivery

Talvez você ainda não tenha a opção de delivery e tudo bem. Vamos te ajudar a montar esse serviço do zero. Para isso, você precisa definir quais regiões vão ser atendidas pela sua empresa. Se você preferir, pode começar a atender apenas no seu bairro, para as pessoas que já conhecem o seu negócio. 

Então, se achar que o serviço funciona para você, amplie a região de entrega. É importante ver quais os custos que o delivery vai ter para o seu negócio, assim, consegue calcular melhor qual taxa deve cobrar dependendo da região atendida. 

Por isso, é importante saber como você vai entregar: vai contratar terceirizados, vai contar com seus colaboradores? Eles vão de bicicleta, moto, carro? Com base nisso, você calcula os custos que vai ter. 

Depois, estabeleça um horário de entrega. Se o seu horário de maior movimento costumava ser no almoço, foque nesse momento. O seu negócio costumava fechar aos sábados e domingos? 

Então, ampliar as entregas de final de semana pode ser uma boa para aumentar as opções dos clientes. Mas, para isso, você precisa avisar os consumidores que vai começar a entregar aos finais de semana. 

Agora que você já desenhou seu processo de entrega, é hora de começar a divulgar o seu serviço nas redes sociais e site. Vamos ver quais os melhores canais de venda para você apresentar o seu negócio. 

Canais de Vendas

Canais de vendas alternativos para o seu negócio podem manter a sua empresa funcionando nessa época de crise, principalmente as redes sociais. Se você ainda não tem um Facebook ou um Instagram para sua marca, é hora de considerar essas opções. 

Vamos te mostrar o que fazer nas redes sociais para continuar vendendo e anunciar o seu delivery. Mas, antes, vamos ver algumas opções de empresas especializadas em serviços de entrega que podem te ajudar. 

Rappi

O Rappi é um aplicativo de delivery não apenas de comida, mas de farmácias e outros serviços. A vantagem do app é que não existe um valor mínimo para o seu cliente realizar o pedido e é possível fazer o rastreamento em tempo real.

Para cadastrar o seu estabelecimento no Rappi, é fácil. Você só precisa enviar um e-mail para [email protected] mostrando seu interesse, ou clicar neste link. Aqui, você vai precisar preencher um formulário com algumas informações, como:

  • o nome e a localização da sua loja
  • seus pontos de venda
  • seu nome e telefone
  • o tipo de cozinha que você oferece

Antes de realizar esse procedimento, verifique se o app atende a sua região, afinal, o Rappi não está presente em todas as cidades brasileiras. 

iFood

Outro app de delivery é o iFood. Mas, nesse caso, ele se restringe apenas a restaurantes, mercados, bares, sorveterias e etc. Para cadastrar o seu estabelecimento é só entrar neste link e preencher as informações necessárias. 

O iFood é um dos apps preferidos dos clientes por oferecer praticidade na hora de fazer o pedido e rapidez na entrega. O app é customizado para sugerir que o cliente faça o mesmo pedido novamente, estimulando o consumidor a sempre comprar de você. Então, pode ser uma ótima opção para o seu negócio. 

Você também consegue registrar todo o seu cardápio no app para os seus clientes escolherem o que comer e não perderem a chance de comprar seus pratos preferidos. 

É importante dizer que o app cobra algumas taxas das empresas cadastradas. Então, verifique as taxas cobradas e veja se vale a pena para você, com base nas suas previsões de lucro. 

Ubereats

O Ubereats também deixa você cadastrar todo o seu cardápio no app. A diferença para os aplicativos anteriores é que o Ubereats te conecta com os entregadores cadastrados. Para cadastrar o seu restaurante, é só clicar aqui e preencher os dados solicitados.

É um aplicativo bem avaliado pelos clientes, mas, como ele ainda não está presente em todas as cidades, vale conferir se ele atende a sua região. 

Instagram

Te demos algumas opções de aplicativos de delivery, mas, se preferir, você não precisa utilizá-los e pode montar a sua entrega de forma independente. Agora, estando em um app ou agindo por conta própria, você precisa divulgar para os seus clientes que está fazendo entregas durante o período de isolamento. 

A nossa dica é que você utilize o Instagram para isso. Como a maioria das pessoas está em casa, acaba ficando mais tempo nas redes sociais e o Instagram é uma das que mais faz sucesso por aqui. 

Faça um post anunciando seu serviço de delivery e alimente a rede com conteúdos diários. Nossa dica é que você aposte em stories de manhã, de tarde e de noite para ficar sempre presente na fila dos usuários. 

Use esse momento para ensinar alguma receita e aproximar seu público da sua marca. Aproveite os stories para engajar o público e faça enquetes perguntando que tipo de conteúdo ele quer consumir. Com isso, você vai ter mais conteúdo relevante para produzir e compartilhar. 

Monte um post por dia com algum item do seu cardápio, divulgue promoções e apresente os bastidores do seu negócio. Também é bacana mostrar como o seu negócio está protegendo seus colaboradores e ajudando no combate ao coronavírus. Afinal, todos seguem muito inseguros com o que está acontecendo. Por isso, mais do que nunca, é preciso confiar no fornecedor. Então, faça posts conscientizando as pessoas sobre o que deve ser feito nesse momento. 

Para ter um alcance ainda maior do público, promova anúncios pagos para divulgar seus serviços e deixe seu inbox sempre aberto para receber pedidos e mensagens dos clientes. Nesse momento, é fundamental atender bem. Não deixe ninguém sem resposta, seja simpático e entregue os pedidos no prazo. Isso vai aumentar sua credibilidade e a recomendação da sua loja.

WhatsApp

O WhatsApp é uma ótima ferramenta de vendas. Mande uma mensagem para os seus clientes avisando que você pode entregar os pedidos na casa deles. Informe os horários em que o serviço fica disponível e envie seu cardápio. 

Para potencializar seu negócio, mande as promoções do seu negócio via WhatsApp e deixe o canal aberto para que os consumidores falem com você quando precisarem. Atenção: disponibilize o número para contato no seu site e nas redes sociais. É importante que ele fique bem visível para os clientes não terem dificuldade de falar com você.  

Existem alguns sistemas de atendimento ao cliente que permitem integração com o WhatsApp para facilitar ainda mais o contato da sua empresa com o seu consumidor. Essa pode ser uma boa opção se você quiser centralizar os seus canais de atendimento e estreitar o relacionamento com seu cliente.

Facebook

Outra rede social famosa no Brasil é o Facebook. Muitas empresas já usam esse canal para vendas. O Messenger é uma espécie de chat dentro da rede e você pode utilizá-lo para se comunicar diretamente com seu cliente e fazer todo o atendimento por ele.  

Mude a sua foto de capa e insira o logo da sua marca com o anúncio de que você está fazendo delivery. Assim, a primeira coisa que o cliente vai ver quando entrar na sua página é que você faz entregas. Além disso, faça um post explicando exatamente como funciona esse serviço, qual o horário de atendimento, quais produtos você entrega e etc. 

Ao longo dos dias de isolamento, poste receitas e conteúdos relevantes na sua página. Tire fotos dos seus produtos e poste com um texto atrativo. A gente montou um artigo com várias dicas para vender mais pelo Facebook. Vem ler aqui: Guia do Facebook para negócios: como divulgar o seu negócio no Face

Aqui, vale a mesma regra dos outros canais: ofereça um excelente atendimento ao seu consumidor. Nunca deixe uma pergunta sem resposta, uma reclamação sem retorno ou um elogio sem curtir e agradecer. Lembre-se que, agora, esse tipo de interação e cuidado fazem ainda mais a diferença!

Ao longo do post, vimos algumas alternativas para lidar com o momento atual. Qualquer que seja a estratégia adotada para o seu negócio, não esqueça de optar por pequenos produtores para compor o seu estoque. Quer saber mais sobre o assunto? Confere aqui: Comprar de comércio local é sempre um bom negócio 

O que você achou do artigo de hoje? Deixe seu comentário ou sua dúvida e te respondemos rapidinho.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *