Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

Custo de Aquisição de Cliente: o que é e qual a sua importância?

 Custo de Aquisição de Cliente: o que é e qual a sua importância?

Tempo de leitura: 6 minutos

Você sabe o que é Custo de Aquisição de Cliente, também conhecido como CAC? Ele ajuda a definir estratégias de retenção de consumidores e pode indicar que algumas ações de marketing e vendas não estão funcionando como deveriam. 

No post de hoje, vamos ver o que é CAC, como calculá-lo, quais são os seus principais benefícios e o que você pode fazer para melhorar esse indicador. Vem ler!

O que é Custo de Aquisição de Clientes (CAC)?

O CAC é um indicador que mostra, como o nome sugere, quanto custa para trazer novos clientes para a sua empresa. 

Essa métrica é muito importante para negócios de todos os tamanhos e segmentos, oferecendo indícios em relação ao que deve ser mudado ou mantido nas estratégias de retenção e aquisição da empresa. 

Especialmente para os pequenos negócios, que trabalham com orçamentos muitas vezes reduzidos ou apertados, saber o CAC pode fazer toda a diferença para definir as melhores estratégias.

Como calcular o CAC do seu negócio?

O cálculo do CAC é bem simples. Primeiro, defina o período de tempo que você quer considerar no seu cálculo (3 meses ou 12 meses, por exemplo). Depois, você precisa somar todos os custos com marketing de aquisição e vendas e dividir o resultado pelo total de novos clientes registrados no período considerado:

CAC = Custos com marketing de aquisição e vendas/Total de novos clientes no período

Os gastos considerados envolvem investimentos em anúncios, salários dos funcionários, eventos, sistemas de gestão, fornecedores e todos os outros custos do processo de aquisição.

O ideal é manter o seu CAC o mais baixo possível. Mas saiba que, quanto maior o seu ticket médio, maior costuma ser o CAC também. Afinal, produtos de valor maior demandam mais tempo de negociação, envolvendo mais gastos. 

O Custo de Aquisição de Clientes é um importante indicador para considerar na sua gestão financeira. Mas por que? Quais as vantagens que essa métrica traz para a sua empresa? Veja no próximo tópico!

4 benefícios de saber o CAC da sua empresa

Confira 4 benefícios de calcular o CAC no seu negócio e por que você deveria começar a considerar essa métrica na sua organização financeira!

  1. Reduzir custos

Não é que o CAC por si só seja capaz de reduzir os custos com marketing e vendas, mas essa métrica pode indicar que algo precisa ser mudado nessas duas frentes. O cálculo do CAC ajuda a melhorar a saúde financeira do seu negócio. 

Afinal, se ele estiver muito alto, você pode investigar as causas e identificar gastos desnecessários em marketing e vendas. Assim, pode cortar custos que não vão comprometer suas ações, contribuindo para diminuir o CAC. 

  1. Melhorar as estratégias de vendas

Assim como o CAC ajuda a identificar gastos desnecessários, ele contribui para você identificar a eficácia das suas estratégias de vendas. Com isso, você pode testar diferentes ações comerciais e medir os resultados com base no CAC (além de considerar outras métricas também).

  1. Otimizar a retenção de clientes

A retenção de clientes é importante para equilibrar o seu CAC em relação ao LTV (Lifetime Value ou Valor do Tempo de Vida, em tradução livre) do cliente, um indicador que mostra o quanto de retorno os seus consumidores trazem para o negócio. 

Um CAC mais alto que o LTV indica que você deve prestar atenção às suas estratégias de retenção. Assim, quanto mais tempo seus consumidores passam com a sua empresa, mais retorno financeiro eles trazem. Essa é a lógica por trás da retenção nesse caso. Com isso, é possível equilibrar o seu CAC. 

A avaliação desses indicadores contribui, portanto, para você analisar o seu negócio como um todo e repensar suas estratégias. 

  1. Estabelecer estratégias de aquisição

Sabendo o CAC do seu negócio e comparando esse indicador com outras métricas, é possível avaliar se as suas estratégias estão trazendo bons resultados para a empresa. 

Além disso, você consegue fazer comparativos de mercado e com o seu próprio negócio para entender a evolução desse número. Com isso, é possível agir imediatamente se você identificar que o CAC está muito alto. O marketing de conteúdo pode ajudar a sua empresa a diminuir o CAC, ajudando a atrair mais pessoas a partir de conteúdos gratuitos. 

Agora que você já entendeu por que o CAC é importante para o seu negócio, confira algumas dicas para otimizar esse indicador na sua empresa!

3 dicas para melhorar o CAC

Separamos 3 dicas para você melhorar o seu Custo de Aquisição de Cliente. Quer saber o que deve ser feito para ter bons resultados? Então, veja a seguir!

  1. Fortalecer o seu serviço de pós-vendas

Para melhorar a retenção de clientes e diminuir os custos de aquisição, invista em otimizar o seu atendimento no pós-venda. Com isso, você aumenta o LTV, lembrando que esse indicador deve ser superior ao CAC para manter o seu negócio sustentável. 

Investindo no seu serviço de pós-vendas, você resolve as dores dos clientes e melhora a experiência deles com a sua empresa, aumentando as chances de mantê-los comprando com você. 

  1. Estabelecer metas

As metas têm que ser específicas, por exemplo, aumentar o CAC em 30% em um mês. É importante definir o número, o tempo e a forma de acompanhar esse indicador para aumentar o controle sobre essa métrica e realmente fazer com que ela seja relevante para o seu negócio. 

Além disso, alinhe a equipe em um mesmo objetivo. Isso aumenta a consciência dos profissionais sobre o que deve ser feito e pode contribuir para o trabalho colaborativo entre eles. 

  1. Registrar um histórico

Quando falamos de métricas, incluindo o CAC, é importante guardar o histórico de resultados para comparar o número em diferentes momentos do negócio e observar se ele está perto da meta estabelecida para aquele período. 

Com um histórico do indicador, você também aumenta o controle sobre os seus resultados e tem mais ferramentas para tomar decisões estratégicas, sem contar com achismos ou suposições. 

O que você achou do post de hoje? Para ficar por dentro de todas as novidades do Papo de Balcão, participe do nosso grupo no Telegram. É só clicar neste link com o seu celular: Grupo PDB

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Stone e receba sua maquininha amanhã

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.