Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

Como vender pela internet: 5 passos para montar sua loja virtual

 Como vender pela internet: 5 passos para montar sua loja virtual

Você sabe como vender pela internet? De acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, após a pandemia, estima-se que 70% dos consumidores continuem comprando online e ainda mais do que faziam antes da Covid-19. 

Então, se você quer marcar presença onde o seu cliente está, já passou da hora de abrir a sua loja virtual! Neste artigo, você vai conferir um passo a passo para começar a vender pela internet. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. O primeiro passo para vender na internet é definir o seu público-alvo e os seus produtos. Aqui é importante entender qual parte do mercado você quer alcançar e estudar sua persona, para entender as dores e desejos dos clientes. Com isso, sua comunicação se torna mais precisa e focada no consumidor. O segundo passo da nossa lista é estabelecer as suas estratégias de marketing. Faça toda a estrutura do seu planejamento de marketing e dos canais de comunicação com o seu cliente. Nesta etapa, é importante criar conteúdos de qualidade que contribuam para o aprendizado do consumidor durante a jornada de compra.   
  2. O terceiro passo de hoje é escolher os fornecedores e a cadeia logística. O objetivo aqui é estudar o mercado, negociar com os fornecedores e chegar no melhor custo-benefício para a sua empresa. Os parceiros precisam garantir a qualidade dos produtos entregues na casa dos consumidores, por isso, escolha empresas ou profissionais de confiança. Também é interessante ter mais de um fornecedor para evitar falta de estoque. Por fim, o frete deve ser acessível aos clientes, para isso não ser um problema na hora de fecharem o carrinho. 
  3. O quarto passo para vender na internet é dedicar atenção ao atendimento. Responda a todos os clientes de forma rápida e eficiente. Não deixe nenhum comentário ou reclamação nas redes sociais de lado. Você pode, inclusive, usar esse retorno dos clientes como aprendizados para melhorar o seu serviço ou produto. A quinta e última dica de hoje é cuidar da infraestrutura do seu site. Para criar o seu e-commerce, é necessário definir uma plataforma e um meio de pagamento incorporado ao site. Hoje, há opções de ferramentas simples e intuitivas para ajudar você a ter sucesso com a sua loja virtual.  

Passo 1: Definição do público-alvo e dos produtos

O primeiro passo para vender pela internet é conhecer o seu público e definir os produtos que você vai oferecer. 

Isso pode até parecer básico, mas de acordo com o Sebrae, um dos motivos da falência de negócios no Brasil é justamente a má gestão, o que inclui a falta de aprimoramento dos produtos e de conhecimento do mercado.

Por isso, entenda qual é a parcela de mercado que você deseja atingir. A partir disso, faça um estudo de persona para conhecer as dores, necessidades e desejos do seu cliente. Assim, você vai conseguir se comunicar com ele de forma direta, precisa e muito mais empática, vendendo o que ele precisa, no momento mais adequado de sua jornada de compra. 

Passo 2: Estabelecimento das estratégias de marketing

Agora que você já sabe para quem fala, é hora de definir como falar e por onde estabelecer essa comunicação. Estruture o seu plano de marketing para definir as estratégias usadas nas redes sociais e nos outros canais de comunicação em que você vai marcar presença. 

Lembre-se de que os esforços de marketing estão intimamente ligados à conversão de vendas. Afinal, quando se pensa na jornada de consumo online é preciso levar em consideração que o cliente trilha o seu próprio caminho de aprendizado até tomar a decisão de compra. 

Por isso, é preciso criar conteúdos de qualidade e estar onde o cliente busca informação para a sua empresa se tornar uma referência ao longo desse caminho de aprendizado.

Vale lembrar ainda que é com o plano de marketing que você vai conseguir definir o orçamento para as suas estratégias, bem como os gatilhos e meios de se comunicar com a persona em cada um desses estágios de maturidade, até que a venda seja efetivada.

Passo 3: Escolha de fornecedores e da cadeia logística 

Agora é o momento de começar a estruturar a parte operacional da sua loja. É com uma boa negociação e estudos de mercado que você vai conseguir chegar no melhor custo-benefício para o seu negócio e, consequentemente, para os seus clientes. 

Vale lembrar que o produto que chega na casa do consumidor é a vitrine mais importante para a sua empresa. Por isso, invista em fornecedores de confiança e que garantam a qualidade e a idoneidade dos produtos. 

Além disso, é importante contar com mais de um fornecedor. Dessa forma, você se certifica de ter os itens em estoque mesmo que imprevistos aconteçam. Lembre-se ainda de negociar preços e prazos. Esse é um aspecto crucial para garantir a saúde financeira e a sobrevivência da sua loja. 

Já a logística precisa ser ágil e apresentar um custo acessível. Sabia que entre as principais objeções de compras de comércios online está o valor do frete? De acordo com a pesquisa E-commerce Trends, esse elemento é responsável por 82,3% dos abandonos de carrinho.

Então, é necessário baratear esse serviço e diminuir o ponto de atrito entre a sua loja virtual e seus clientes.

Passo 4: Atenção ao atendimento

Por mais que em uma loja virtual nem sempre o cliente opte por entrar em contato com o vendedor, esse recurso precisa estar disponível de forma clara e acessível. Além disso, quando o consumidor fizer contato, é essencial que ele seja muito bem atendido e tenha suas dúvidas respondidas. Mas, principalmente, isso deve ser feito de forma rápida. 

A compra pela internet tem a comodidade e a agilidade como principais características. No atendimento, não pode ser diferente. 

Portanto, crie uma estrutura em que dúvidas frequentes possam ser respondidas instantaneamente com a ajuda de chatbots e questões mais complexas recebam a atenção de uma pessoa o mais rápido possível. 

O atendimento humano 24 horas não é viável. Então, deixe claro o período de funcionamento desse serviço e a previsão de tempo de resposta para não frustrar o cliente. 

Tenha atenção também às redes sociais. Perguntas, sugestões e reclamações podem surgir por mensagem direta ou, ainda, nas suas próprias postagens. É importante responder a todos rapidamente para evitar crises. Além disso, você pode absorver aprendizados das críticas para melhorar seus processos.

Passo 5: Cuidado com a infraestrutura do site 

Para abrir a sua loja virtual, é preciso escolher uma plataforma e um meio de pagamento. Criar o seu e-commerce envolve também tomar decisões acerca de layout, segurança e operacionalização das compras.

Parece muita coisa e realmente é, mas você não está só nessa jornada. Muitos empreendedores já trilharam esse caminho e hoje têm sucesso nesse desafio que é vender pela internet.

Além disso, as plataformas e meios de pagamento já oferecem soluções simples e intuitivas para ajudar você que está começando. Então, busque serviços que ofereçam esse tipo de ferramenta para simplificar a sua vida nesse começo.

Hora de agir!

Agora, você já sabe quais são os 5 principais passos para tirar suas ideias do papel e começar a vender pela internet. 

Quer entender com mais detalhes os tipos de plataforma, meios de pagamento disponíveis, legislação do e-commerce e cada um dos aspectos que envolvem a criação de uma loja virtual? 

Então, confira o Guia definitivo de como montar um e-commerce, elaborado pelos especialistas do Pagar.me para ajudar os empreendedores de primeira viagem a terem sucesso nessa jornada.

Para ficar por dentro das novidades do Papo de Balcão, participe do nosso grupo exclusivo do Telegram e receba todas as notícias em primeira mão! Para isso, é só clicar aqui com o celular: Grupo PDB

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Este artigo foi produzido em parceria com o @pagar.me, empresa de meio de pagamento digital. No blog da marca você encontra mais conteúdos como este!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Stone e receba sua maquininha amanhã

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.