Bolo pra vender: dicas pra quem está começando o negócio

 Bolo pra vender: dicas pra quem está começando o negócio

Conteúdo produzido em parceria com a Dona Benta

Você sabia que pode transformar a sua paixão por bolos em profissão? Se você se identificou com algo parecido, é com você mesmo que queremos conversar melhor. É possível trabalhar em casa e ter lucros interessantes. Então, o que acha de unir o útil ao agradável e fazer bolo pra vender?

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

Divulgação é fundamental em cada passo da sua trajetória. Por isso,  não tenha vergonha de contar a respeito do seu trabalho e use a internet ao seu favor. Faça postagens de fotos em redes sociais.

2.

A qualidade do bolo é fundamental e não é a toa que vemos tantas “Maria da Paz” fazendo muito sucesso por aí. Saiba o que usar para elevar a qualidade do seu bolo e claro, entenda também o que é melhor evitar.

3.

Saiba quanto cobrar pelo bolo de acordo com o peso dos ingredientes da receita. Calcule os gastos dos ingredientes, acrescente de 10 a 20% pelos custos com gás, energia e água e novamente some 10 a 20% pela sua mão de obra. 

Tem muito mais dica aqui embaixo pra você garantir o sucesso do seu negócio.

Mãos na massa para a produção e divulgação do seu bolo pra vender
  1. Teste muitas receitas e faça diversas experiências; menos é mais: comece com poucos sabores diferentes, mas que sejam realmente bons;
  2. Anote todos os ingredientes que usar e seu tempo de preparo. Depois, não se esqueça de fotografar o resultado. Use as fotos para manter o seu portfólio, ou seja, o registro da sua lista de trabalhos. Ele será importante para você mostrar sua qualidade e toda capacidade aos clientes, além de se sentir mais segura para aceitar encomendas, passar orçamentos e fazer sugestões;
  3. Caso queira fazer bolos para aniversários e outras comemorações, prepare o seu melhor bolo, fotografe, corte e distribua pedaços para amigos e familiares. Uma boa ideia é embrulhá-los e enviá-los junto com um cartão, avisando que você aceita encomendas;
  4. Crie formas de divulgar o seu trabalho. Algumas opções são usar as redes sociais, como Facebook e Instagram para colocar as fotos dos bolos, ou até criar um site com a lista de sabores disponíveis e seus contatos. Essas são excelentes formas de divulgação sem custo. Apenas não se esqueça de postar com frequência, para seus clientes sempre se lembrarem de você!
Outras dicas recheadas no seu bolo pra vender
  • Se você quiser decorar seus bolos, tente registrar todas as etapas do processo. Saber decorar é sempre uma boa carta na manga, já que esse tipo de bolo é bem-vindo em diversas ocasiões;
  • Sabe o que vai bem com tudo e não precisa de quase nenhum investimento? Bem-casados. Você pode ir além com esses docinhos.
  • Use sempre ingredientes de qualidade para garantir o sabor final do bolo. Recomendamos que dê preferência à Farinha Dona Benta.
Importância de ter qualidade em seu bolo pra vender

Não é de hoje que existem lugares como o Bolos da Paz por aí. Pare e pense em quantas casas de bolo você conhece. Algumas, certo?

Para se dar bem nesse negócio, certamente elas seguiram passos para não perder a qualidade. Faça você também!    

Use e abuse ✓
  • Escolha 2 ou 3 receitas bases e altere apenas os ingredientes que vão mudar o sabor. Mais produção e menos custo.
  • As fôrmas perfeitas são aquelas com furo no meio ou as de bolo inglês. Se achar alguma com relevo, incrementa ainda mais o visual final.
  • Caldas são bem-vindas e quando coloridas chamam ainda mais a atenção. Polvilhar o bolo com açúcar de confeiteiro, cacau em pó ou canela também são opções diferentes e saborosas de acabamento.
Evite ✗
  • Receita de bolos em pão de ló. Invista mais em bolos recheados.

  • O liquidificador não é indicado no processo, uma vez que não possui espaço interno suficiente para incorporar ar (o que deixa o aspecto mais fofinho) e não mistura bem os ingredientes.
  • Usar outros objetos para bater o bolo.  Indicamos sempre usar batedeira ou um batedor de arame, além de vasilha proporcional ao tamanho da receita.

Humm… Tá sentindo? Cheirinho de mais uma dica valiosa logo abaixo! Anota aí!

NÃO ESQUECER

Ouse! Não tenha medo de errar e teste novas receitas com ingredientes inusitados como batata doce, abóbora, manjericão, mirtilo, etc. Se você se surpreender com o resultado, com certeza seus clientes também irão!

O tamanho do bolo pra vender ideal para cada ocasião

Essa é uma dúvida comum, por isso, para calcular o tamanho do bolo que você vai precisar para cada ocasião, faça duas perguntas básica:

  • “Estamos falando de qual ocasião?”
  • “Qual é o número de convidados?”

Pensando em ocasiões recorrentes de festas, temos duas opções: 

Festas maiores: Aquelas festas grandes com jantar, mesas de doces e bolo.

Se o bolo ficar em uma mesa específica para os convidados se servirem lá, pode-se considerar que 1 em cada 4 convidados irá comê-lo. 

Na prática, isso significa que de 400 convidados, serão 100 fatias de bolo.

Festas menores: Estilo coquetel, com doces e bolo: se o bolo ficar também em uma mesa específica para os convidados se servirem lá, considere que 1 em cada 3 convidados irá comê-lo.

Logo, de 150 convidados, serão 50 fatias de bolo.

Até aqui focamos principalmente em quantidade de convidados, certo? Agora vamos pensar nos comes e bebes disponíveis em cada festas, adaptando conforme o número de convidados.

Festa com apenas bolo e bebida: de modo geral, todos irão comer. Esteja preparado!

Almoço com sobremesas diversas e bolo: metade dos convidados irá comer.

Portanto, sua receita irá variar a partir da quantidade de convidados, mas também ter em mente a proposta de cada festa é ideal!

Importante lembrar que esse cálculo já está com uma folga. Afinal, é melhor sobrar do que faltar.

Faça suas vendas crescerem mais que fermento: saiba quanto cobrar por um bolo pra vender!

Para saber quanto cobrar, primeiro você precisa saber quanto custou para produzir cada uma das suas receitas. Para isso, é importante entender a conversão de medidas. 

Por exemplo, algumas receitas usam o termo famoso “xícara de chá”, mas você sabe qual é a medida correta de uma xícara de chá?

E de uma “colher de sopa”?

Essas informações encontramos rapidinho pela internet, mas o fundamental é entender o raciocínio do cálculo que será feito. 

Vamos lá!

Imagine que o kg (1000g) de Farinha de trigo Dona Benta  seja R$ 3,30 e você precisará usar 1 xícara de chá de farinha no bolo.

Pense assim: 1kg é 1000g e 1 xícara de chá tem 110g.

Se você usasse os 1000g de Farinha Dona Benta no bolo, o seu custo de farinha seria de R$3,30.

Mas você só precisa usar 110g, certo?

Por isso, divida os R$ 3,30 por 1000. O resultado será o valor de cada 1g de Farinha Dona Benta.

Agora, multiplique por 110g (quantidade usada da xícara de farinha). Prontinho, o resultado é aproximadamente R$ 0,36 centavos. 

Isso significa que só para usar 110g de Farinha Dona Benta, você investiu R$0,36.

Para os próximos passos, você deverá fazer esse cálculo com todos os ingredientes, somando tudo e chegando ao valor final do seu custo de produção.

Claro que, além desse custo base, você precisa calcular alguns outros gastos, como água, luz e gás, acrescentando entre 10 a 20% no valor total. E por fim, considere a sua mão de obra, também colocando mais 10 ou 20%, de acordo com o que você achar mais justo. 

Agora que você considerou tudo isso, falta definir o preço de venda, isto é, pensar no seu lucro. Esse valor é subjetivo e vai depender apenas de você.Vale fazer uma pesquisa do preço de bolos na sua cidade e considerar a média geral dos seus concorrentes. Isso vai te ajudar a entender se você está muito fora da média, para cima ou para baixo.

E, mais uma vez, não tenha medo e arrisque! 

Vamos amar experimentar e parabenizar o sucesso do seu bolo. 

Receita do chef para você não esquecer: dicas valiosas no seu bolo pra vender
  • Separe a motivação;
  • No seu consciente, misture a força de vontade com o seu talento por ao menos 5min;
  • Se você se considera sem talento, retire o pensamento negativo do consciente;
  • Continue sempre testando diversas receitas cuidadosamente e aumentando seu portfólio;
  • Escolha as melhores receitas e invista nelas;
  • Mantenha seu coração preaquecido e divulgue seu trabalho para as pessoas.

Depois dessas dicas, lembre-se da mais importante de todas: acredite no seu trabalho e não desista. Aproveite o Natal e outras datas comemorativas para vender bastante.

Agora sim! Com essas dicas separadas, chegou a hora de agir.

Obrigada pelo papo e boas vendas!

Veja também

12 Comentários

  • Sou Amanda Dias, gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

  • Achei muito interessante não fazia idéia desses detalhes, faço bolo há um bom tempo, mas não divulgo, logo não vendo muito, gostaria de ter uma fábrica igual a personagem da novela!

    • Oi, Rejane. Tudo bem com você?
      Que bom que você gostou! Temos certeza que essas dicas irá te ajudar com a venda dos bolos!
      Aproveitando, você já se inscreveu no nosso canal? 🙂
      http://www.youtube.com/PapodeBalcãoOficial

  • Gostei mto do artigo me deu um levante confesso que não tinha noção nenhuma de como vender acho que um certo medo mas me senti encorajada depois desse assunto

    • Oi, Catia. Tudo bem?
      Ficamos muito felizes que tenhamos te ajudado de alguma forma.
      Inclusive, já se inscreveu no nosso canal do Youtube? 🙂
      http://www.youtube.com/PapodeBalcãoOficial

  • Quanta dica boa! Parabéns pelo conteúdo!

  • Gostei muito deste artigo em seu site, aqui é a Regina Da Silva seu site tem muita qualidade parabéns.

    • Olá, Regina. Tudo bem?
      Que bom que gostou do artigo. Ficamos muito felizes.
      Estamos cada vez mais produzindo conteúdo pra você 🙂
      Inclusive, já se inscreveu no nosso canal? http://www.youtube.com/PapodeBalcãoOficial

  • Quero parabenizar você pelo seu artigo escrito, muito bom vou acompanhar o seus artigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *