8 ações para manter seus clientes fidelizados durante a quarentena

 8 ações para manter seus clientes fidelizados durante a quarentena

O que você tem feito para manter seus clientes com você durante a quarentena? O coronavírus mexeu nas estruturas das empresas e tem obrigado os negócios a encontrarem outras alternativas para vender e atender os clientes. Mas existem estratégias eficientes que te ajudam a atrair novos consumidores e manter seus clientes comprando de você.

Pensando nisso, montamos um artigo sobre fidelização de consumidores para te ajudar a passar por este período mantendo uma cartela de clientes ativa. Vem ler!

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

Personalize seus serviços buscando o máximo de informações possíveis sobre os seus clientes. Converse com eles e com os seus colaboradores para descobrir preferências e comportamentos de consumo. Com isso, você traça estratégias mais assertivas e que, de fato, mantenham o interesse do seu consumidor na sua marca. Uma ideia para aproximar ainda mais o cliente do seu negócio é enviar cartas à mão com mensagens customizadas que demonstrem que ele é especial para a empresa.

2.

Já pensou em criar um grupo VIP para os seus clientes mais especiais? Com isso, você compartilha um conteúdo relevante para eles e os mantêm atualizados sobre todas as suas promoções. Com o Telegram, você pode criar grupos com participantes ilimitados. É uma estratégia eficiente e moderna de fidelização.

3.

Oferecer opções diferenciadas de pagamento é uma ótima alternativa para fidelizar os seus clientes. Isso porque ela se adapta ao novo cenário que seus consumidores estão vivendo, de incerteza financeira. Com a flexibilização dos pagamentos e a possibilidade de um maior número de parcelas ou a isenção de fretes, seu cliente pode ter um respiro financeiro maior e se sentir estimulado a comprar com você. 

1. Personalização de serviços

A personalização dos seus serviços envolve oferecer um atendimento personalizado ao seu cliente. Mas o que isso significa na prática? O básico é enviar e-mail com o nome do cliente para divulgar suas promoções, produtos ou conteúdo. 

Além disso, você deve aproveitar o atendimento para mapear as preferências dos seus clientes e conhecê-los mais profundamente. Busque entender o que eles gostam, qual tipo de entretenimento consomem, qual o comportamento de compra que eles têm na sua loja. 

Essas informações vão ser valiosas para customizar seu atendimento. Se você tem um salão e sabe que uma cliente sempre faz a unha e a outra faz escova, consegue promover ações diferentes para cada uma delas ao invés de enviar uma comunicação padronizada que não atinja nenhuma das duas.  

Se você descobre que o seu consumidor gosta de super-heróis, por exemplo, pode brincar com essa ideia e enviar um e-mail com algum trocadilho sobre o assunto. Ouça seus clientes e converse mais com seus colaboradores para descobrir as preferências dos consumidores. 

2. Envio de cartas à mão

Enviar uma cartinha à mão para o seu cliente é uma ótima forma de personalizar o seu serviço e, por isso, é uma boa estratégia de fidelização. Isso porque o investimento é muito pequeno e o retorno pode ser grande. Se os seus clientes postarem as cartinhas recebidas nas redes sociais deles, alcançam um número grande de pessoas que acabam conhecendo o seu serviço. 

Além disso, ao receber um texto escrito à mão, o consumidor sente que é especial para a sua marca e, então, tem mais chances de comprar novamente de você por conta da boa experiência. 

Seguindo a mesma linha, agora com o uso do delivery, por exemplo, pode escrever o nome do consumidor na embalagem de entrega com uma carinha ou um coração. É simples, mas funciona para você ser lembrado. Afinal, também lembrou do seu cliente.  

3. Grupos VIPs 

Embora o WhatsApp ainda seja o aplicativo de mensagens preferido dos consumidores e empresas, o Telegram tem se tornado uma ferramenta cada vez mais comum para criar grupos.

Ele não tem limite de participantes e você pode usar apenas para enviar mensagens com o seu conteúdo e promoções ou permitir que seus seguidores interajam com você. Assim, pode fazer enquetes e perguntas para conhecer melhor quem são os seus consumidores.

Hoje, os grupos VIPs no Telegram são uma prática recorrente para estreitar a audiência e fidelizar o público. Afinal, só vai querer entrar em um grupo VIP quem realmente estiver interessado na sua marca.  

O close friends no Instagram funciona de uma forma semelhantes. Trata-se de um conteúdo exclusivo que você só oferece para um número reduzido de pessoas nos seus stories. 

Algumas empresas e influenciadores monetizar esses grupos VIPs, tanto no Telegram como no Instagram. Ou seja, pedem alguma quantia em dinheiro para que os interessados tenham acesso ao conteúdo produzido. Por outro lado, muitos liberam o acesso gratuito para atrair os interessados. 

As duas opções têm suas vantagens. No primeiro caso, você tem um ganho financeiro imediato e garante que só pessoas muito interessadas no que você produz entrem para esses grupos, mas também conta com menos gente vendo seu conteúdo.

No segundo caso, você não ganha dinheiro imediatamente, mas expande a sua audiência, aumenta seu alcance e pode conquistar ainda mais clientes que ficam interessados na sua marca.  A escolha entre uma ou outra opção vai depender de qual o seu objetivo com esses grupos VIPs. 

De um jeito ou de outro, essa estratégia funciona bem para atrair novos interessados no que você vende e fidelizar os seus clientes, porque te deixa em contato mais próximo com eles oferecendo um conteúdo de qualidade.  

4. Parceria com outros estabelecimentos

Na hora de fidelizar os seus clientes, você pode oferecer um benefício diferenciado para eles, que eles não teriam em nenhum concorrente seu. 

Uma dica é buscar parcerias com outras marcas para oferecer algo único e personalizado ao seu cliente. Além de essa ser uma técnica de fidelização, porque te destaca da concorrência e personaliza seu serviço, é também uma estratégia para atrair novos clientes que são fiéis à marca parceira. 

O mais importante é oferecer uma experiência de compra diferenciada e que englobe todos os momentos da jornada do cliente, desde a pré-venda até o pós-venda. 

Além disso, pensar em parcerias é uma ótima forma de oferecer suporte aos pequenos negócios e de ganhar visibilidade para a sua empresa.  

5. Isenção de frete

A isenção de frete pode pesar muito na hora do seu cliente escolher entre você e o seu concorrente. Ainda mais agora durante o isolamento social, em que as pessoas estão comprando muito mais pela internet. 

É claro que, para adotar a isenção, você precisa ter um planejamento financeiro e precificar corretamente os seus produtos. Uma opção é só oferecer esse benefício aos seus clientes mais frequentes ou aplicar a isenção do frete a partir de um determinado valor de compra. 

6. Esquema de pontos

Você já deve conhecer o esquema de pontos: quando mais o seu cliente compra, mais pontos ele ganha para trocar por um produto ou serviço. Essa é uma técnica antiga e eficiente de fidelização que você pode adotar para o seu negócio para estimular seus clientes a comprarem cada vez mais de você. 

Assim, se você vende o mesmo produto que uma outra empresa, por exemplo, ter um esquema de pontos pode se um item importante para o seu cliente. Afinal, se a outra empresa não oferece esse benefício, seu cliente se sente muito mais estimulado a fazer negócios com você que oferece um benefício para ele. 

7. Parcelamentos maiores 

Se você vende produto parcelados, durante a quarentena pode pensar em oferecer opções diferenciadas de pagamento para os seus clientes. Por que não permitir que eles dividam a compra em 6x ao invés de 3x?

Essa estratégia pode fazer com que seus clientes se sintam estimulados a comprar mais do seu negócio, porque conseguem reduzir os custos mensais com os seus produtos. Além disso, essa opção ajuda o bolso do seu cliente nesta época incerta e de instabilidade econômica em que vivemos. Mas claro, sempre pensando no seu planejamento financeiro também!

8. Flexibilização de pagamento

Ainda pensando em opções diferenciadas de pagamento, a flexibilização é uma boa estratégia, principalmente se você trabalha com produtos de vendas recorrentes. Neste cenário, vale tratar cada caso separadamente, assim você consegue oferecer a melhor opção para cada cliente. 

Oferecer uma solução padrão para todos pode não ser vantajoso para nenhum dos lados. Por exemplo, você oferece a opção para os seus clientes pagarem só a partir de agosto. Mas o cliente A teria condições de pagar já em junho. Neste caso, você perde dinheiro. 

Enquanto que o cliente B não consegue cumprir o prazo e precisaria de uma flexibilização até setembro. Aqui, você corre o risco de perder o cliente. Por isso, a melhor alternativa é tratar cada caso individualmente e ver qual é a melhor estratégia para cada cliente.

Estamos vivendo um momento em que a flexibilização e a adaptação são necessárias tanto para o relacionamento com o cliente como para o relacionamento com seus parceiros e fornecedores.

Pensando nisso, também escrevemos um artigo sobre o que pode ser renegociado em situações extremas como esta. Vem ler aqui: O que pode ser renegociado em situações extremas? 

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *