Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

6 passos para criar um site próprio e vender mais!

 6 passos para criar um site próprio e vender mais!

Tempo de leitura: 7 minutos

Quer saber como criar um site próprio? Esse é um enorme passo para os pequenos negócios que desejam melhorar suas vendas e aumentar a sua presença online. 

No post de hoje, vamos explicar por que você deveria ter um site para a sua empresa. Além disso, você vai conferir 6 dicas incríveis para criar o seu site próprio. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. Ter um site próprio significa aumentar suas chances de vendas e de se destacar no mercado. Hoje, os consumidores estão em peso no ambiente virtual e fazem compras online cada vez mais. A primeira dica para você criar um site próprio é escolher um domínio. Isso significa registrar o endereço online do seu site, seja em “.com”, seja em “.com.br”. No primeiro caso, você pode utilizar o Namecheap, já para o segundo, o Registro.br é o mais indicado. Ambas são plataformas para você criar e registrar o seu domínio online. A segunda dica é definir uma plataforma de hospedagem, ou seja, o lugar em que o seu site vai ficar. Alguns exemplos bem conhecidos são: HostGator, Wix, Locaweb, Hostinger e Bluehost.
  2. Já a terceira dica é escolher uma plataforma para construir seu site. Você não precisa entender de programação para criar um site. Ferramentas como o Elementor e o Zyro funcionam com um modelo de arrastar os itens que você deseja incluir no seu site, para facilitar o processo. Já o WordPress é a plataforma mais utilizada e conhecida. A quarta dica da nossa lista é pensar no visual de marca. Nesse caso, é necessário definir a paleta de cores que identifica a sua empresa, assim como o tipo de imagem utilizado na sua comunicação. Se você já tem essas definições para as suas redes sociais, por exemplo, transfira essa identidade visual para o seu site. Se ainda não tem, é hora de colocar a mão na massa para criar.
  3. A quinta dica de hoje é escrever textos atrativos e persuasivos. Para isso, você pode utilizar técnicas de copywriting (ou escrita persuasiva). O objetivo é fazer com que os usuários do site realizem uma determinada ação, como comprar um produto ou entrar em contato com a sua empresa. Já a sexta e última dica é facilitar o contato entre o cliente e o seu negócio. Nas plataformas de construção de site, é possível incluir ícones que levam para as suas redes sociais, assim como formulários de contato. Então, personalize essas opções e deixe os seus canais de atendimento em evidência no seu site. Uma opção é integrar uma ferramenta de chatbot ou Whatsapp no seu ambiente virtual para facilitar a comunicação com o cliente.

Por que você deveria ter um site próprio?

Negócios que estão presentes no digital aumentam muito suas chances de vendas, já que os consumidores estão cada vez mais conectados. Além disso, com tantas empresas migrando para o digital, ter um site próprio é quase uma exigência competitiva para não ficar para trás no mercado.

De acordo com um levantamento realizado pela Criteo, 56% dos consumidores participantes fizeram alguma compra em um e-commerce pela primeira vez na pandemia. Desse total, 94% afirmaram que vão realizar novas compras no ambiente online. 

Já segundo uma pesquisa feita pela Social Miner com a Opinion Box, 48% dos entrevistados afirmaram que realizam compras online pelos preços menores e 46% acreditam que o processo é mais prático.

Por isso, você deve aproveitar o momento e montar o seu site próprio para impulsionar suas vendas. A seguir, separamos 6 dicas para você ter sucesso no ambiente virtual. Vem ver!

  1. Escolha um domínio

O primeiro passo para criar um site próprio para o seu negócio é pensar em um domínio, ou seja, no endereço do site. Você pode criá-lo a partir do nome da sua empresa. 

Se você quer criar um domínio “.com”, uma opção é usar o Namecheap. Já para domínios “.com.br”, cadastre o seu site no Registro.br. Ambas são plataformas indicadas para criar e registrar o endereço do site na web.

Já se preferir, você pode cadastrar o site em ambos os domínios. Assim, quando o cliente digitar o endereço no buscador, seja em “.com”, seja em “.com.br”, ele encontrará facilmente.

  1. Defina a hospedagem

Para ter um site próprio, você precisa hospedá-lo em algum lugar. Há muitas possibilidades de empresas que funcionam como hospedagem nesse caso. 

Algumas das principais são:

  • HostGator 
  • Wix
  • Locaweb
  • Hostinger
  • Bluehost

Cada uma possui planos, condições, benefícios e preços diferentes. Por isso, compare as soluções existentes para escolher a que mais faz sentido para o seu negócio.

  1. Escolha uma plataforma para construir seu site

Se você acha que criar um site necessariamente envolve entender de programação, saiba que não é bem assim!

Hoje, algumas ferramentas permitem montar suas páginas online a partir de templates (modelos prontos) e um sistema de arrastar os elementos que você deseja, como textos e imagens. O Elementor e o Zyro são construtores de site que funcionam a partir dessa tecnologia e podem ser integrados a algumas soluções de hospedagem.

O WordPress é uma das plataformas mais utilizadas e conhecidas para montar um site ou criar um blog. Aqui, você pode contar com a ajuda de um programador, se preferir. Mas também é possível integrar a ferramenta a construtores de site mais simples de usar. 

Além disso, você pode criar um site próprio para qualquer setor de negócio, incluindo e-commerce, já que há modelos de páginas específicos para esse fim.

  1. Pense no visual de marca

Ao criar um site, você não pode negligenciar a primeira impressão que o cliente vai ter ao entrar na página. Por isso, capriche na identidade visual das suas páginas online. 

Se você já utiliza as redes sociais e tem uma paleta de cores específica para o seu perfil, transfira o mesmo visual para o seu site. Afinal, essa identidade precisa ser homogênea em todos os seus canais. 

Já se você ainda não definiu quais as cores e o tipo de imagem utilizada para definir a sua marca, é hora de pensar sobre isso. 

Faça alguns testes com diferentes combinações de cores para ver qual a mais adequada. Além disso, você pode pedir a ajuda dos clientes para criar uma identidade visual que os agrade. Dê duas ou três opções de cores e logos para eles votarem no que preferem.

  1. Escreva textos atrativos e persuasivos

Assim como a identidade visual, a comunicação escrita no seu site deve ser atraente e manter o cliente na página. Por isso, uma dica é aplicar técnicas de copywriting (também conhecido como escrita persuasiva) nos seus textos. 

O objetivo com isso é fazer o usuário do site realizar alguma ação, como comprar um produto, clicar em um botão para entrar em contato com a sua empresa ou para saber mais sobre determinado serviço. 

Há alguns cursos online gratuitos sobre o assunto e que oferecem várias ferramentas para você aplicar imediatamente no seu site, como é o caso do Curso de Copywriting da Rock Content

  1. Facilite o contato 

Nas ferramentas de construção de site, você pode inserir links para as suas redes sociais e incluir formulários de contato nas suas páginas online. 

É importante customizar esses elementos e colocá-los em lugares estratégicos do seu site. Afinal, as formas de contato devem ser muito claras para o cliente, caso ele queira fazer uma sugestão ou reclamação e tirar uma dúvida. 

Além disso, é interessante integrar canais como um chatbot ou o próprio WhatsApp no seu site. Assim, quando o consumidor clicar no ícone do app, ele é direcionado para uma conversa com a sua empresa, facilitando muito a comunicação entre o cliente e o seu negócio. 

E aí, o que você achou das dicas de hoje para criar um site próprio? Para ficar por dentro das novidades do Papo de Balcão, participe do nosso grupo exclusivo no Telegram. É só clicar aqui, utilizando o seu celular: Grupo PDB.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Stone e receba sua maquininha amanhã

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.