Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

6 dicas valiosas para não parar de vender durante a crise

 6 dicas valiosas para não parar de vender durante a crise

Quer saber como manter suas vendas durante a crise do coronavírus? 

Uma pesquisa feita pela ao³ apontou que 73% dos empreendedores aumentaram suas vendas online em 2020. Já a perspectiva para 2021 é a de que 63% dos pequenos negócios invistam em canais. Assim, o mundo digital se configura como uma ótima oportunidade para os pequenos negócios durante a crise. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas para você continuar vendendo com segurança durante a pandemia. Vem ler! 

Três principais aprendizados de hoje

  1. A primeira dica de hoje é focar nas vendas online, que permitem que os clientes façam suas compras de casa. Além disso, essa modalidade ganhou ainda mais popularidade durante a pandemia. Por isso, os pequenos negócios devem aproveitar o momento para migrar para o digital. Já a segunda dica é diversificar seus canais de vendas. Uma possibilidade é utilizar o WhatsApp Business para se comunicar com os clientes e divulgar seus produtos. Outra opção é anunciar seu negócio nas redes sociais. Comece com pouco investimento e vá aumentando com o tempo, de acordo com os seus resultados.
  2. A nossa terceira dica é cadastrar o seu negócio em um marketplace. Esse modelo é uma outra maneira de ampliar os seus canais. Além disso, ele funciona como uma vitrine virtual do seu negócio. Por isso, aposte nas fotos e nas descrições dos seus itens para atrair mais clientes. A quarta dica de hoje é criar novos produtos digitais. Aproveite algum assunto que você domine para criar ebooks, cursos online, treinamentos ou palestras virtuais. Essas são ótimas oportunidades de continuar vendendo durante a pandemia e conseguir uma renda extra. 
  3. A quinta dica da nossa lista é apostar no delivery. Essa modalidade de entrega cresceu muito na pandemia e é uma grande aposta também para o futuro. Você pode tanto aderir aos apps como criar a sua própria estrutura de entrega. Não esqueça de investir em embalagens que preservem a qualidade dos seus produtos e cumpra os prazos estabelecidos com os clientes. Por fim, a sexta e última dica de hoje é garantir as medidas de segurança. Se o seu negócio estiver aberto, reforce as medidas de proteção contra o vírus e mostre que o cliente pode confiar na sua empresa. Já se você está trabalhando com delivery, garanta a segurança da equipe e dos consumidores durante a entrega.
  1. Focar nas vendas online

Você já aposta nas vendas online? Essa é uma excelente alternativa para continuar vendendo durante a pandemia.  

De acordo com uma pesquisa da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) e da Neotrust, as vendas virtuais em 2020 aumentaram 68% em relação a 2019. 

Além disso, a vantagem das compras virtuais no contexto de pandemia é que o cliente não precisa se deslocar até a loja, permanecendo em casa. 

Se você ainda não tem uma loja virtual, deve pensar em aderir a esse modelo. Já se o seu negócio faz parte do universo online, aposte em aumentar a divulgação dos seus produtos com anúncios e maior engajamento nas redes sociais

  1. Diversificar seus canais de vendas

Para ampliar o seu público e atrair mais clientes, uma dica é diversificar os seus canais de vendas. Você já utiliza o WhatsApp Business para falar com seus clientes? 

Esse meio facilita muito a comunicação, além de permitir que você crie um catálogo de produtos dentro do próprio app. 

Outra forma de atingir um maior número de pessoas com seus canais de vendas é anunciar seus produtos ou serviços nas redes sociais, como Instagram e Facebook. E não pense que você precisa começar com muito dinheiro para isso. 

Você pode criar anúncios com pouco investimento e aumentar os aportes com o tempo, dependendo dos resultados que tiver com essa estratégia. 

  1. Cadastrar o negócio em um marketplace

Ainda pensando em ampliar os seus canais de divulgação, cadastrar o seu negócio em um ou mais marketplaces é uma boa opção. 

Eles funcionam como uma ótima vitrine virtual da sua loja e aumentam a visibilidade dos seus produtos. 

A dica é caprichar nas fotos e nas descrições dos itens para atrair a atenção dos consumidores e motivar a compra. 

  1. Criar novos produtos digitais

Qual a sua especialidade? Talvez você saiba tudo sobre gastronomia vegana ou sobre penteados e maquiagem. Então, já pensou em criar um ebook com esses conhecimentos? 

Em paralelo à venda dos seus produtos tradicionais, você pode criar alguns produtos digitais, como cursos online ou ebooks sobre um assunto que você domine. 

Outros serviços que você pode vender na modalidade online são treinamentos e palestras. Assim, você consegue uma renda extra e não depende apenas dos produtos que já existem no seu catálogo. 

Durante a pandemia, o consumo de internet no Brasil teve um aumento de 40%-50%, de acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Como os clientes estão cada vez mais conectados, marcar presença digital é uma ótima saída para continuar vendendo durante a crise.  

  1. Apostar no delivery

Com a pandemia, os clientes passaram a usar mais os aplicativos de delivery. No ano de 2020, o segmento viu um aumento de 23% em comparação com o ano anterior e um crescimento de 98% dos pedidos em cidades pequenas. 

Assim, para continuar vendendo, você deve aproveitar a expansão do setor e implementar essa modalidade na sua empresa. 

Você pode tanto criar sua própria estrutura de entrega como aderir aos apps. O mais importante é garantir a qualidade dos produtos, que devem chegar preservados na casa do cliente. 

Por isso, aposte em boas embalagens e garanta que todos os pedidos cheguem no prazo combinado. 

  1. Garantir as medidas de segurança

Se na sua cidade é possível continuar com a loja aberta, o mais importante é reforçar as medidas de segurança e mostrar para o cliente que ele está seguro no seu estabelecimento. 

Já se você está trabalhando com delivery, também é necessário garantir uma entrega segura e sem riscos. Caso utilize estrutura própria, oriente os entregadores e forneça os equipamentos de proteção, como luvas e máscaras. 

Isso gera credibilidade junto ao seu público e assegura o bem-estar da sua equipe e dos seus consumidores.

E aí, já está se preparando para continuar vendendo durante a crise? Para ficar por dentro de todos os nossos conteúdos, participe do grupo do Papo de Balcão no Telegram. É só utilizar o celular e clicar aqui: Grupo PDB.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.