Utilizamos cookies para possibilitar e aprimorar sua experiência em nosso site, de acordo com nossas políticas de privacidade e cookies.

6 dicas para fazer o seu planejamento para 2021

 6 dicas para fazer o seu planejamento para 2021

O ano de 2020 foi bastante atípico também para os negócios. Já as perspectivas para 2021 são mais animadoras e os empreendedores devem aproveitar o início do ano para fazer o planejamento do pequeno negócio. Você já começou o seu?

Não se preocupe, porque, neste post, vamos trazer algumas dicas do que não pode faltar na hora de pensar nos seus objetivos para este novo ano. Vem ler!

Três principais aprendizados de hoje

  1. A primeira dica para se planejar para 2021 é olhar para o histórico da sua empresa. Como foi o último ano? Analise o que funcionou, o que pode ser melhorado e o que precisa de um maior investimento. Faça um levantamento dos gastos e do faturamento no ano anterior para definir perspectivas para 2021. A segunda dica é fazer um planejamento orçamentário. Para isso, inclua seus custos fixos e leve em consideração se você já tem contas ou dívidas a pagar neste ano. Além disso, é interessante pensar também em uma projeção de vendas para entender as suas entradas em 2021. 
  2. Realizar um estudo de mercado é a terceira dica para se planejar. Isso é importante para entender quais as tendências do seu setor para este ano e ter mais ideias para aplicar no seu negócio. Informar-se sobre as novidades da economia brasileira também é uma boa pedida para expandir a sua visão. A quarta dica é definir objetivos. Eles devem ser bem específicos, como, por exemplo, crescer as vendas em 20% durante o primeiro semestre. Além disso, defina apenas algumas metas, para não perder o foco. 
  3. Criar planos para cumprir seus objetivos é a nossa quinta dica. Aqui, é interessante quebrar suas grandes metas em metas menores de acordo com um plano de ação. A partir disso, você ganha mais consistência na execução das suas estratégias. A sexta e última dica é estabelecer métricas. Elas são fundamentais para entender se o seu plano de ação está funcionando ou se é necessário mudar as estratégias. Por isso, desde o início do planejamento para 2021, é preciso estar claro quais serão as métricas adotadas. 
  1. Analisar históricos anteriores

O primeiro passo para pensar no futuro é olhar para o ano que passou e para os aprendizados de 2020. Avalie o seu negócio, pensando em quais estratégias deram certo, quais não funcionaram e o que poderia melhorar em 2021.  

Faça um levantamento dos gastos e do faturamento das vendas do ano passado, que vão servir como baliza para definir um orçamento. Nesse sentido, analise se há a possibilidade de cortar gastos em alguma frente que não está trazendo retorno. 

É importante também analisar o cenário atual do seu negócio. A quantidade de pessoas na equipe é o suficiente para absorver a demanda ou é necessário contratar mais funcionários? De acordo com os resultados de 2020, é preciso adotar sistemas de gestão para otimizar a produtividade da equipe? Responder a essas perguntas te ajuda a entender o que é interessante incluir no seu planejamento para o ano novo. 

Outro ponto importante é pensar se a sua empresa estava bem preparada para a crise em 2020. Você tinha uma reserva de emergência para ajudar nos momentos difíceis? Caso não, essa pode ser uma boa meta para este ano. 

Por fim, é preciso levar em consideração as medidas de proteção contra o coronavírus que devem continuar por alguns meses. Como você lidou com os protocolos de segurança? Para 2021, prepare a sua loja para proteger funcionários e clientes. 

  1. Planejar o orçamento

Suas vendas foram muito impactadas em 2020? No planejamento para este novo ano, é importante definir um orçamento de acordo com os seus aprendizados passados e com as perspectivas para o futuro. 

Se você já tem contas ou dívidas a pagar este ano, leve isso em consideração para entender quanto dinheiro pode ser investido nas suas estratégias. Inclua nesse processo também os custos fixos, como os salários dos funcionários. Fazer um planejamento orçamentário ajuda muito na hora de priorizar seus objetivos e definir o quanto será aplicado em cada frente do negócio. 

Aqui, pensar em uma projeção de vendas também aumenta o seu controle sobre o orçamento da empresa. 

  1. Fazer um estudo de mercado

Você sabe o que esperar do seu setor de atuação para 2021? Procure pesquisas de mercado para entender as perspectivas para o segmento da sua empresa. Isso ajuda a criar objetivos mais realistas para o negócio e a ter ideias para incluir no seu planejamento. 

Expandir o seu conhecimento sobre o setor de atuação do seu negócio é sempre uma boa pedida para refinar suas estratégias e obter melhores resultados.

Além disso, se informar sobre as expectativas para a economia brasileira neste ano também pode ajudar. Afinal, não adianta propor metas se não elas não tiverem base na realidade.

  1. Definir objetivos

Depois de todo o levantamento feito a respeito do seu negócio, é hora de definir quais serão os objetivos para 2021

É importante que essas metas sejam específicas. Então, por exemplo, ao invés de pensar em crescer neste ano, estabeleça um número, como aumentar as vendas em 20% no primeiro semestre.

Para definir os seus objetivos, as necessidades do negócio devem ser priorizadas de acordo com a urgência. Não adianta querer resolver tudo de uma vez. Se você colocar muitas metas para 2021, pode perder o foco tentando equilibrar todos os pratos. 

  1. Criar planos

Se você definiu que um dos seus objetivos para 2021 é aumentar 30% do faturamento em comparação com o ano anterior, quais serão as ações feitas para alcançar esse resultado?

Tão importante quanto ter metas para este ano é pensar em planos de ação para atingir esses objetivos. Por exemplo, se você definiu que quer melhorar o seu índice de satisfação do cliente, o que deverá ser feito? Será que é preciso contratar mais pessoas para a linha de frente do atendimento ou adotar um sistema especializado?

Quebre as grandes metas em objetivos menores, traçando um caminho consistente até o resultado desejado. 

  1. Estabelecer métricas

Agora que você já estabeleceu seus objetivos e as estratégias para alcançá-los, é necessário pensar em formas de medir os seus resultados para entender se os planos de ação estão dando certo. 

Definir esse aspecto deve ser feito já no processo de planejamento para não prejudicar a execução das estratégias. Afinal, medindo periodicamente os seus resultados, você consegue ter melhores decisões durante o caminho e até mudar a rota, se for preciso.  

E aí, o que você achou das dicas de hoje? Para melhorar ainda mais os seus resultados em 2021, confira este artigo: 6 tendências para o pequeno negócio em 2021.

Obrigada pelo papo e conte com a gente! 

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber conteúdo de empreendedorismo sem conversa fiada no seu e-mail?

Inscrevendo-se em nossa newsletter você autoriza que o Papo de Balcão utilize os Dados Pessoais fornecidos acima para envio de conteúdo informativo e publicitário relacionado à educação financeira e negócios, nos termos de nosso Aviso de Privacidade.