5 passos para aumentar sua segurança e evitar fraudes

 5 passos para aumentar sua segurança e evitar fraudes

Você sabia que as fraudes virtuais cresceram durante a pandemia do Coronavírus? Essa prática pode comprometer muito os seus dados e é preciso tomar cuidado. Já fizemos um artigo sobre o assunto, ensinando você a proteger o seu negócio dos invasores online: Como proteger você e sua empresa dos crimes virtuais.

Mas hoje, vamos mostrar uma forma específica para garantir a segurança dos seus dados: a autenticação em duas etapas. Vamos falar o que ela é, como funciona e por que é importante, ainda mais no contexto atual. Vem ler!

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

Com parte das empresas trabalhando em regime de home-office durante a pandemia do Coronavírus, ficou ainda mais importante proteger os seus dados e os da sua empresa. Principalmente, porque os crimes virtuais aumentaram neste período. Uma das formas de garantir a segurança das informações é a autenticação em dois fatores, ou 2AF, como também é chamada. Ela nada mais é do que um processo de validação de sua identidade em dois momentos. O primeiro corresponde àquele em que você digita o seu login e a senha nos campos disponíveis. Já, durante a segunda etapa, você recebe um código no seu celular para verificar que foi você quem usou a sua senha.

2.

A autenticação em dois fatores é um elemento importante para proteger as suas contas das ações dos criminosos virtuais, que podem roubar as suas informações e usá-las como quiserem. Se você entrar em sites suspeitos, fizer download de arquivos pouco confiáveis ou clicar em links que receber de e-mails desconhecidos, fica suscetível a ser uma vítima dos hackers. Com a sua senha em mãos, eles podem bloquear o seu acesso às contas, trocar senhas e até mandar mensagens indesejadas para os seus contatos em seu nome.

3.

Para que você se proteja das fraudes, te damos um passo a passo para fazer a autenticação da sua conta Stone. Primeiro, você digita sua senha normalmente e, depois, recebe uma combinação de 6 dígitos no seu celular para preencher o campo de validação da senha. Esse código fica disponível por 30 segundos e só pode ser usado uma única vez. Assim, a cada nova entrada na sua conta, você recebe dígitos diferentes.

Autenticação em dois fatores: o que é e para que serve?

A autenticação em dois fatores, também conhecida como 2FA, é uma forma de proteger as suas senhas de criminosos virtuais. Isso porque ela exige algum outro fator além da sua senha para fazer login nos sites em que você tem cadastro. Esse fator pode variar, mas costuma ser um código enviado diretamente para o seu celular por SMS.

Com isso, você diminui muito o risco de fraudes e mantém suas informações em segurança, afinal, mesmo que os invasores tenham a sua senha, eles não conseguem ter acesso à sua conta, já que o processo exige mais uma etapa para ser concluído.

Sem a autenticação em dois fatores, fica muito mais fácil para os criminosos online invadirem suas contas de e-mail, banco e redes sociais. Se isso acontecer, você pode perder o acesso a essas contas.

Com isso, o poder fica na mão dos invasores, que podem excluir ou adicionar contratos, mandar mensagens e e-mails ofensivos para qualquer pessoa em seu nome, apagar ou compartilhar fotos e até redefinir senhas de contas importantes.

Com a autenticação em dois fatores, você ganha uma camada extra de segurança além da senha. Assim, se alguém quiser roubar seus dados, terá que ter acesso ao código recebido no seu celular ou a uma chave de segurança específica para fazer isso.

Por que a autenticação em dois fatores é importante?

Já vimos que a autenticação protege seus dados. É importante dizer que as fraudes têm se mostrado mais sofisticadas e podem atingir qualquer pessoa a qualquer momento.

O que acontece é que os hackers podem buscar seus dados pessoais e roubar suas senhas para realizar ações fraudulentas. Eles se aproveitam do seu acesso a determinados sites e até do uso de uma mesma senha em contas diferentes.

Outras situações que podem comprometer a sua privacidade são: fazer download de arquivos em sites suspeitos e baixar anexos ou clicar em links enviados por e-mails desconhecidos. No nosso caso, por exemplo, fraudadores podem tentar te confundir usando remetentes de e-mail stone.com.br. Para garantir que o link é da Stone, veja com o mouse se o direcionador é o mesmo que aparece na URL. Se não for, não clique.

Com mais empresas trabalhando em regime de home office hoje, ter os seus dados e os da sua empresa seguros é fundamental. Nesse cenário, a autenticação em duas etapas se torna ainda mais importante.

Por isso, além de você adotar essa prática, também deve orientar os membros do seu time a fazerem o mesmo, para evitar o vazamento de informações sigilosas.

Há muitas versões de autenticadores, falaremos a seguir da opção gratuita mais usada, confiável e que funciona bem tanto com celulares iOS quanto Android: a Google Authenticator, do Google, que pode ser baixado facilmente em seu celular.

Como funciona a autenticação em dois fatores?

No primeiro tópico, falamos resumidamente sobre como a autenticação em dois fatores funciona. Agora, vamos ver mais de perto como é o processo no uso cotidiano. Daremos como exemplo o processo na Conta Stone.

Primeiro, é preciso instalar o autenticador. Depois de acessar sua Conta, clique em Perfil e escolha a opção “Configurar autenticação de dois fatores” e siga o passo a passo.

A partir da instalação, o uso se dará da seguinte forma:

  1. Para acessar a conta, você faz o mesmo procedimento a que está acostumado: digita seu login e sua senha.
  2. Para validar sua entrada, o sistema pede uma nova etapa de verificação.
  3. Você vai receber uma senha com 6 números gerada pelo autenticador. Digite esse código para completar a segunda etapa de autenticação.
  4. Para garantir a sua segurança, ele fica disponível por 30 segundos e pode ser usado uma única vez.
  5. A cada novo acesso à sua conta, uma combinação numérica diferente é gerada.

Viu só como é simples ficar mais seguro? Com esse processo, mesmo que os invasores tenham a sua senha, sua conta fica protegida e o acesso deles é bloqueado.

Esse procedimento tem sido amplamente adotado por diversas empresas, como Google, Apple, Microsoft, Facebook, Twitter e Dropbox.

Nesses casos, para se proteger ainda mais, você deve sempre optar por senhas fortes e não usar a mesma combinação para diferentes contas. Anote para não esquecê-las.

Se você quiser saber se algum dos seus e-mails está comprometido, acesse o site Have I Been Pwned?, que identifica os riscos que suas contas correm de serem hackeadas. É só incluir o endereço eletrônico no campo indicado e clicar no botão de verificação.

De acordo com um estudo do Instituto de Segurança e Privacidade (CyLab) da Universidade de Carnegie Mellon, a maior parte das pessoas que são informadas sobre o vazamentos dos seus dados não trocam suas senhas.

Isso compromete muito a privacidade desses usuários, que ficam expostos aos crimes virtuais crescentes. Para não ser a próxima vítima, siga as orientações que te demos e fique mais tranquilo.

Esperamos que o artigo de hoje tenha ajudado você a entender a importância que a autenticação em dois fatores tem para garantir a segurança dos seus dados e das suas contas. Se você gostou do nosso conteúdo de hoje, pode gostar deste também: Dicas para manter a saúde financeira do seu negócio.

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *