5 dicas para ajudar o seu site a ser encontrado na Google

 5 dicas para ajudar o seu site a ser encontrado na Google

Você sabe como fazer para o seu site ser mais encontrado na Google? 

Nessa época de pandemia, a procura por comprar online cresceu ainda mais e as empresas devem aproveitar o momento para marcar presença digital. Mas nem sempre é fácil saber qual caminho seguir entre tantas possibilidades que o virtual oferece.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para você otimizar o seu site e aumentar suas chances de aparecer na primeira página da Google. Quer saber quais são elas? Então, vem ler!

Três principais aprendizados de hoje 

  1. A usabilidade da página é um fator bem importante para melhorar o rankeamento do seu site. Ela envolve aspectos como a velocidade de carregamento da página e a adaptação do conteúdo à tecnologia mobile. O algoritmo da Google “lê” essas informações para classificar o seu site. Outro elemento essencial é usar as técnicas de SEO (Search Engine Optimization) nas suas páginas. Entre elas estão: utilizar palavras-chaves, escrever frases e parágrafos curtos, incluir links externos e internos nos seus textos, entre outros. 
  2. Mas não apenas o formato do conteúdo é relevante para a Google. A qualidade também é levada em consideração pelo algoritmo de busca. Invista em materiais relevantes para o usuário, porque eles aumentam a autoridade e a confiabilidade do seu site aos olhos da Google. Outro ponto importante é otimizar a estrutura da URL das suas páginas. Ela deve ser de fácil compreensão e conter a palavra-chave central do conteúdo apresentado. 
  3. Por fim, use as redes sociais para gerar tráfego para o seu site, ou seja, levar mais gente para explorar as suas páginas online. Estimule o compartilhamento nas redes para aumentar a sua autoridade digital e a confiabilidade do seu site. Todos esses elementos são levados em consideração pelo algoritmo da Google na hora de classificar o seu site. 
  1. Usabilidade da página 

A usabilidade da página é um dos importantes fatores de rankeamento (ou seja, de classificação) na Google, que define em qual lugar os sites irão aparecer no mecanismo de busca. Ela diz respeito à facilidade que o usuário encontra de navegar pelo seu site. Aqui, aspectos como a velocidade de carregamento da página e a adaptação ao modelo mobile contam bastante. 

Isso porque o ideal é que o cliente consiga navegar pelo seu site com tranquilidade e rapidez, independentemente de estar no celular ou no computador. 

Mas não pense que esse fator é importante apenas para o usuário. A usabilidade é levada em consideração pelo algoritmo da Google na hora de classificar os sites. Por isso, é preciso garantir que a sua página atenda aos requisitos nesse sentido para não ter a classificação prejudicada na ferramenta de busca. 

  1. Técnicas de SEO  

SEO é a sigla para Search Engine Optimization e envolve uma série de boas práticas para otimizar o rankeamento do seu site na Google. Essa técnica pode ser aplicada dentro da página do seu site e deve nortear a redação dos seus conteúdos

Algumas boas práticas nesse sentido envolvem:

  • usar palavras-chave que tenham a ver com o seu público alvo
  • priorizar frases e parágrafos curtos
  • incluir a palavra-chave principal no título do conteúdo
  • produzir textos escaneáveis e fáceis de ler 
  • incluir links para outros conteúdos do seu site
  • incluir links para sites confiáveis

Além dessas, existem muitas outras técnicas de SEO para otimizar o seu conteúdo e aumentar as suas chances de aparecer na primeira página da Google. Mas, seguindo as práticas acima você já torna a sua página mais atrativa para a ferramenta de busca. 

Existem profissionais especialistas em SEO e que podem contribuir muito para o rankeamento do seu site. Também há diversos cursos rápidos, online e gratuitos para saber mais sobre a técnica. 

Quer saber mais sobre o tema? Então, comenta aqui no final do post e trazemos mais conteúdos sobre essa técnica para você!

  1. Qualidade do conteúdo 

Tão importante quanto ajustar a forma do seu conteúdo às melhores práticas de busca na Google é a qualidade do material produzido.

Isso porque a própria ferramenta avalia esse tipo de informação. Além disso, a qualidade do conteúdo interfere também na autoridade da sua marca e na relevância para os consumidores, aspectos considerados pelo algoritmo da Google.  

Para aumentar a credibilidade do seu site ou blog, é interessante contar com outros sites confiáveis gerando links para o seu. Uma ideia aqui é trocar conteúdo com outra marca. 

Por exemplo, a sua empresa produz um artigo para ser publicado no blog do parceiro (linkando para o seu site) e vice-versa. 

Com isso, vocês indicam que ambos os sites são confiáveis e aumentam suas chances de rankeamento na Google. 

  1. URL

A URL nada mais é do que aquele link com o endereço do site, que aparece na barra do navegador, sabe?

Otimizar a URL do seu site é um importante passo para melhorar a sua classificação na Google. Isso envolve principalmente os subdomínios do seu site, ou seja, aquelas páginas que são encontradas a partir da home page ou página inicial. Se você tem um blog, é importante atentar também para a estrutura da URL de cada um dos artigos. 

Nesses casos, priorize sempre as letras ao invés dos números, já que o ideal é que a URL contenha o título da página e a palavra-chave principal. Isso é importante para a Google identificar o conteúdo do site e rankear o seu site corretamente. 

  1. Estratégia nas redes sociais 

Como vimos, a autoridade e confiabilidade do seu site interferem diretamente na classificação da Google. Então, para melhorar esses elementos, invista na divulgação dos seus conteúdos pelas redes sociais, principalmente pelo Facebook

Estimule o compartilhamento dos posts para aumentar sua presença digital e mostrar ao Google que o seu site é de confiança. 

Uma ideia é promover anúncios nas redes sociais com um público segmentado, já que isso melhora as chances de engajamento com seu conteúdo e, portanto, a sua autoridade online.  

O ideal é utilizar as redes sociais para gerar tráfego para o seu site, ou seja, para levar mais gente para as suas páginas online, indicando que o seu conteúdo é relevante para o usuário. 

E aí? Já se preparou para melhorar a sua classificação no site Google? Se você gostou deste conteúdo, pode se interessar por este também: Marketing de conteúdo: 7 dicas para alavancar sua estratégia!

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *