3 vantagens de cadastrar a sua loja em um marketplace

 3 vantagens de cadastrar a sua loja em um marketplace

Quer continuar vendendo mesmo com sua loja física fechada? Apostar em ambientes de marketplace para vendas online é uma ótima opção durante este período de quarentena.

Ao longo do post, vamos ajudar você a entender melhor o conceito de marketplace, quais as vantagens de estar presente nesse tipo de plataforma e como anunciar os seus produtos. Vem ler!

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

O marketplace é um shopping virtual em que diversas lojas podem divulgar seus produtos e atrair clientes. Alguns exemplos de marketplace são: Magalu, Americanas e Submarino. Com a quarentena por conta do Coronavírus, muitas empresas estão migrando para o digital para garantir suas vendas. Da mesma forma, os clientes passaram a comprar ainda mais no online. O marketplace, portanto, conecta consumidores e marcas que encontraram no digital a saída para este momento de dificuldade.

2.

Existem diversas vantagens em adotar um marketplace para a sua loja online. Ao longo do post, destacamos três: 1.Visibilidade; 2.Mais vendas; 3.Baixo investimento inicial. Os marketplaces recebem muitos acessos por mês, o que aumenta muito as chances dos seus produtos serem vistos. Além disso já contribuir por si só para você vender mais, os shoppings virtuais permitem que você faça promoções, o que pode trazer ainda mais vendas. Por fim, para cadastrar sua loja em alguns marketplaces, você não paga taxa de adesão ou mensalidade. Apenas uma comissão é cobrada sobre a venda dos produtos. Assim, mesmo que você não tenha muitos recursos financeiros para começar, o marketplace se torna uma ótima opção para vender online.

3.

Para anunciar seus produtos em um marketplace é importante atentar para alguns pontos, como foto da mercadoria, título e descrição. Esses itens fazem toda a diferença na hora de o cliente escolher qual produto vai levar. Por isso, busque um título atrativo e informativo, que comunique imediatamente ao cliente do que se trata o produto. Tire fotos em alta resolução e em um fundo branco para destacar o item. Por fim, pense em uma descrição que complemente os elementos anteriores e deixe claro para o consumidor outros dados importantes do produto, como tamanho, por exemplo.

O que é marketplace? 

Um marketplace é um shopping virtual que reúne diversas lojas, dos mais variados segmentos. Nele, os clientes encontram produtos de todas as categorias e todos os preços.

Para ficar mais fácil de entender, alguns exemplos de marketplace são: Magalu, Americanas e Submarino. Como dono do negócio, você só precisa criar uma vitrine online, cadastrar os seus produtos e começar a vender!

Com as portas fechadas, a migração para o online é uma ótima opção para os lojistas. Afinal, é no digital que os consumidores estão em peso neste momento! Além disso, de acordo com a Revista Época, 95% dos brasileiros que compram online usam marketplaces para isso.

Esses ambientes conectam empresas que precisam continuar vendendo e clientes que querem consumir agora.

Assim como um shopping físico, o marketplace oferece várias vantagens para o lojista. Veja algumas delas a seguir!

Quais as vantagens de um marketplace para o negócio?

1. visibilidade

Com a sua vitrine em um marketplace, você consegue atingir um número muito maior de pessoas. Pensando em alcance, o fluxo nessa plataforma é muito maior do que o movimento de uma loja física ou de um site próprio.

Só para você ter uma ideia, o número de acessos aos marketplaces é na casa dos milhões e isso pode trazer uma visibilidade muito maior para sua loja.

Além disso, a plataforma pode gerar um link que leva qualquer cliente direto para a página da sua marca, o que se mostra mais econômico do que abrir uma loja física ou um site e investir em propaganda.

2. mais vendas

Por conta do alto alcance e da grande visibilidade que oferecem para as empresas, os shoppings virtuais são bem efetivos na conversão de vendas. Com eles, você pode fazer promoções e montar sua vitrine da forma que quiser, gerenciando seu perfil da mesma forma que você administraria sua loja física.

No momento em que estamos vivendo, garantir as vendas se torna ainda mais importante, por conta das incertezas sobre o futuro. Além disso, criar o hábito de vender online se torna uma vantagem competitiva importante, porque, cada vez mais, os consumidores vão buscar realizar suas compras pelo digital.

3. baixo investimento inicial

Diferentemente de uma nova loja física, com o marketplace, você abre um novo ponto de venda sem investir nada, até que você venda, ou com um investimento muito menor do que aluguel, por exemplo.

No primeiro caso, o valor que você paga tem a ver com o modelo de comissão dessas plataformas e ele só é cobrado depois da venda de um produto. O melhor é que, no caso de alguns shoppings virtuais, não existe taxa de adesão ou mensalidade.

Além disso, quem fica responsável por toda a parte logística e operacional é o próprio marketplace. Uma vez que tem seu negócio cadastrado na plataforma, você só fica responsável pela expedição e pelo SAC. Por isso, capriche nessa parte para garantir uma experiência completa para o seu cliente.

Como anunciar no marketplace?

Agora que você já sabe como funciona um marketplace e quais as vantagens de divulgar seus produtos em um shopping online, como atrair a atenção dos clientes e estimulá-los a comprar?

Para anunciar os seus itens na sua loja online, é preciso prestar atenção em, pelo menos, três aspectos: título, foto e descrição do produto. Focando nesses três elementos, é possível destacar as suas mercadorias.

Isso porque o objetivo aqui é deixar muito claro o que você vende e quais as vantagens que os seus produtos trazem para o dia-a-dia do consumidor.

título

Em relação ao título do produto, busque algo simples, preciso e que passe a mensagem. Pense em quais informações realmente devem aparecer logo de cara para o consumidor. Para isso, você precisa conhecer minimamente a dor dos seus clientes.

Assim, se seus consumidores estão preocupados com o meio ambiente, vale ter esse apelo nos títulos, mostrando que aquele produto é sustentável. Mas não precisamos nem falar que não vale mentir nesse aspecto, né?

Algumas informações que podem aparecer no título são: palavra-chave a ser destacada, marca, modelo do produto e, claro, o nome daquele item.

foto

A foto costuma chamar tanto, ou mais, atenção do que os próprios títulos. Por isso, ela não pode ser negligenciada.

Primeiro, você precisa garantir que a imagem corresponda, de fato, ao produto vendido. Afinal, se a foto não tiver relação com o título, isso deixa o cliente confuso e compromete a sua credibilidade.

Dê preferência às imagens em alta resolução, com fundos claros e neutros, para não tirar o foco do produto vendido.

descrição do produto

Na descrição do produto, você pode se alongar um pouco mais do que no título, mas ainda precisa ser simples e claro na mensagem. Aqui, entram informações sobre garantia, tamanho, cores disponíveis, número de peças e benefícios.

A descrição também é um espaço para antecipar as principais dúvidas dos consumidores sobre como aquele produto deve ser utilizado, armazenado e limpo, por exemplo.

Um outro ponto importante na hora de vender online é garantir o estoque dos produtos para evitar que ele esteja indisponível na hora em que o cliente for comprar. Lembre-se de que você precisa garantir a experiência do consumidor de ponta a ponta na jornada de compra.

Além disso, para ter resultados realmente relevantes para sua loja online, fique atento às regras do marketplace que você escolheu para cadastrar seus produtos. Isso porque, ao ferir alguma regra estabelecida, suas vendas podem ser bastante prejudicadas.

Os shoppings virtuais costumam ter alguns padrões que guiam a divulgação dos produtos. Por isso, confira todas as especificações e exigências antes de começar a criar o título e a descrição dos produtos.

Depois, é só aproveitar as vantagens que os marketplaces trazem para o seu negócio, especialmente agora! Para continuar evoluindo sua empresa e levá-la à transformação digital, separamos este artigo para você: Como repensar seu modelo de negócio durante a quarentena?

Obrigada pelo papo e conte com a gente!

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *