Você sabe o que é a trava bancária? Se você já precisou solicitar um empréstimo, talvez tenha ouvido falar sobre ela. Mas se ainda não conhece, não tem problema! 

Ao longo do post, vamos te mostrar o que é esse conceito e como você pode fazer seus pagamentos e antecipação de recebíveis caso tenha uma trava bancária ativa. No final, vamos te apresentar a trava Stone e quais as diferenças para a trava tradicional. Vem ler!

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

A trava bancária é uma ferramenta do Banco Central criada com o objetivo de regularizar operações de crédito, como no caso de empréstimos. Ela pode utilizar os recebíveis como garantia de pagamento. Isso não significa que você vai deixar de receber os pagamentos das bandeiras travadas. A trava é apenas uma garantia de que o empréstimo será pago corretamente. 

2.

Você pode receber um aviso de que foi travado na instituição financeira sem ter solicitado um empréstimo. Esse processo chama Trava Relacional e está ligada  ao benefício do cheque especial, mesmo que você não o utilize. Se você não quiser seguir com essa modalidade de trava, precisa entrar em contato diretamente com o credor abrindo mão do benefício.

3.

Ao longo do post, também vamos apresentar a Trava Stone e falar sobre as diferenças para a trava bancária tradicional. Basicamente, o princípio é o mesmo. Mas a Trava Stone tem uma vantagem: a cobrança é feita por uma taxa percentual fixa sobre as transações, não impactando a antecipação.

TRÊS PRINCIPAIS APRENDIZADOS DE HOJE:

1.

A trava bancária é uma ferramenta do Banco Central criada com o objetivo de regularizar operações de crédito, como no caso de empréstimos. Ela pode utilizar os recebíveis como garantia de pagamento. Isso não significa que você vai deixar de receber os pagamentos das bandeiras travadas. A trava é apenas uma garantia de que o empréstimo será pago corretamente. 

2.

Você pode receber um aviso de que foi travado na instituição financeira sem ter solicitado um empréstimo. Esse processo chama Trava Relacional e está ligada  ao benefício do cheque especial, mesmo que você não o utilize. Se você não quiser seguir com essa modalidade de trava, precisa entrar em contato diretamente com o credor abrindo mão do benefício.

3.

Ao longo do post, também vamos apresentar a Trava Stone e falar sobre as diferenças para a trava bancária tradicional. Basicamente, o princípio é o mesmo. Mas a Trava Stone tem uma vantagem: a cobrança é feita por uma taxa percentual fixa sobre as transações, não impactando a antecipação.

Trava Bancária: o que é e como funciona? 

A trava bancária é uma ferramenta do Banco Central que regulamenta as operações de crédito e utiliza, entre outras coisas, os recebíveis das adquirentes como garantia.

Ou seja, você vai a uma Instituição Financeira e solicita um empréstimo. O credor disponibiliza o valor e adiciona os juros à sua dívida. Quando você coloca suas vendas de cartão de crédito como garantia de que esse pagamento vai ser realmente feito, a Instituição Financeira pode oferecer uma taxa de juros mais baixa, porque se sente mais protegida em relação à inadimplência.

Aqui, entra a trava bancária. Ela funciona como um mecanismo para avisar ao mercado que os recebíveis das bandeiras dadas já estão sendo utilizados como garantia em alguma linha de crédito e, por isso, não poderão ser utilizados em outra até a quitação total do valor.

Assim, por determinação do Banco Central, todas as adquirentes precisam depositar o dinheiro dessas vendas na conta determinada pela Instituição que concedeu o empréstimo. Isso deve ser feito até o fim da vigência do contrato.

Importante: nem todos os pagamentos vão precisar ser feitos nessa conta determinada pela Instituição. Somente os pagamentos de crédito das bandeiras que você colocou como garantia no seu contrato precisarão ser pagas nesse domicílio.

Pagamentos de débito e de crédito das bandeiras que não foram colocadas como garantia podem continuar sendo feitos na conta da sua preferência.

Vale lembrar também que a trava é por bandeira. Ou seja, se você trabalhar com mais de uma adquirente, tudo o que for transacionado na bandeira determinada em contrato faz parte da trava em todas as adquirentes. 

Pagamentos das bandeiras travadas

Uma dúvida muito comum dos lojistas é se vão parar de receber os pagamentos das bandeiras travadas. Não! Você continua recebendo todos os seus pagamentos normalmente no domicílio determinado pelo credor. Esses recebíveis servem apenas como uma espécie de calção, garantindo que o empréstimo vai ser pago corretamente.

A situação só pode mudar caso você solicite uma antecipação dos pagamentos dessas bandeiras travadas. E como funciona esse processo? 

Bom, durante o período do contrato de trava bancária, você é livre para antecipar qualquer valor na Stone. Contudo, o credor do empréstimo poderá reter, por até 2 dias úteis, o dinheiro antecipado que ultrapasse o valor máximo passível de retenção (VMPR) para fazer a reanálise da garantia do crédito contratado. Quando você apresenta algum nível de inadimplência, o credor pode utilizar esse valor retido para abater da sua dívida. 

O que é “Valor Diário Máximo de Retenção”?

É o valor máximo que a Instituição Financeira pode reter, em um mesmo dia, de uma antecipação dos recebíveis utilizado como garantia. Geralmente, esse valor é igual ao seu saldo devedor com o credor, mas também pode ser menor. O VDMR não é cumulativo e pode ser atualizado conforme você for pagando a sua dívida.

Para deixar mais claro o conceito de VDMR, vamos dar um exemplo. João tem trava na bandeira Visa com o valor diário máximo de retenção estipulado em contrato de RS100,00. No dia 20 de janeiro, ele possui um valor em agenda dessa bandeira de R$250,00 para receber. Considerando que seu VMDR é R$100,00, o valor livre de retenção será composto da seguinte forma: R$250,00 – R$100,00 = R$150,00. Viu como fica mais fácil entender assim?

Quanto tempo dura a Trava Bancária?

A trava ocorre a partir da disponibilização do empréstimo, após assinatura do contrato de crédito entre você e o credor. A destrava deve ocorrer após a liquidação da sua dívida junto à Instituição. Caso ela não ocorra automaticamente, você precisa entrar em contato com o credor que concedeu o empréstimo para solicitar a destrava.

Peguei um empréstimo há bastante tempo e só agora fui travado. Por quê?

Isso aconteceu por conta da interoperabilidade. Até o dia 26/01/2020, só recebíamos as travas de instituições que estavam homologadas na mesma centralizadora que a Stone, a CERC. 

Mas, no dia 27/01/2020, tivemos a interoperabilidade, que possibilitou recebermos as travas bancárias das instituições homologados na centralizadora em que estão as instituições maiores, a CIP. 

Essas instituições financeiras precisam manifestar interesse em tombar suas travas para a CERC. Quando isso é feito, conseguimos ver as travas ativas nessas instituições financeiras.

Aviso de trava sem empréstimo

Muitos lojistas recebem o aviso de que foram travados sem ter solicitado um empréstimo. Isso também pode acontecer e chamamos esse processo de Trava Relacional. Essa modalidade de trava está ligada normalmente ao benefício do cheque especial.

Quando uma Instituição Financeira oferece um crédito, mesmo quando você não o utiliza de fato, pode haver uma trava nos seus pagamentos de cartão de crédito. Caso você não queira seguir com essa trava, é necessário entrar em contato diretamente com o credor abrindo mão do benefício para que a trava seja retirada.

Trava Stone

Atualmente, possibilitamos a oferta de empréstimo aos nossos clientes através de uma parceira, a BMP Moneyplus. Toda a análise é feita através dela e somos notificados apenas sobre os clientes já aprovados, ou seja, elegíveis a contratar uma linha de crédito com a Stone. 

Assim, também precisamos garantir que os recebíveis das vendas de crédito não serão oferecidos como garantia de pagamento de outro empréstimo com outro credor. Aqui, entra a trava bancária da Stone!

Trava Stone e trava bancária: qual a diferença?

O conceito é basicamente o mesmo, mas a nossa trava tem uma vantagem. Na trava bancária por crédito Stone, você não será impactado na antecipação, já que a cobrança do empréstimo é feita por uma taxa percentual fixa sobre todas as transações. E esse desconto é feito antes de disponibilizarmos os pagamentos de cartão de crédito na sua conta.

Com essa forma de pagamento, você nunca fica no aperto, porque, quando vende pouco, a cobrança do empréstimo será menor. Quando vende muito, consegue quitar mais rapidamente o seu empréstimo.

No seu Portal Stone, você consegue ver o valor colocado em garantia, o credor que concedeu o empréstimo ou cheque especial e quais bandeiras estão travadas.

Lembre-se: pegar um empréstimo deve ser uma atitude estudada para não comprometer a saúde do seu negócio.

Se você gostou deste conteúdo e quer aprender mais sobre os pontos positivos e negativos de uma linha de crédito, acesse nosso artigo: Afinal, é sempre ruim ter dívida?

Obrigada pelo papo e conte com a gente!